Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Pesca amadora, profissional artesanal, e de subsistência seguem permitidas nos rios de Mato Grosso

Lorena Bruschi Sema-MT

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) esclarece que a pesca está permitida nos rios de Mato Grosso após o término do período de defeso da piracema, que findou no dia 31 de janeiro, tanto para a modalidade amadora, profissional artesanal a, e de subsistência.
 
O áudio que circula nas redes sociais informando que haverá uma nova proibição de pesca imposta pelo Governo de Mato Grosso é falso. 
 
Proibição continua apenas nos rios de divisa
 
Nos rios de divisa, em que uma margem fica em Mato Grosso e outra margem em outro estado, a proibição à pesca segue o período estabelecido pela União, que começou em novembro e termina em fevereiro de 2021.
 
Em Mato Grosso, 17 rios se encaixam nessa característica de rio de divisa. Entre os mais conhecidos estão o rio Piquiri, na bacia do Paraguai, que uma margem está em Mato Grosso e outra em Mato Grosso do Sul, o rio Araguaia, na bacia Araguaia-Tocantins, que faz divisa com Goiás e, na bacia Amazônica, o trecho do rio Teles Pires que faz divisa com o Pará.
 
Unidades de Conservação
 
Nas áreas de unidades de conservação a proibição da pesca é permanente e não fica restrita ao período de Defeso da Piracema. Estes locais de proteção integral possuem uma série de restrições, entre elas as atividades de pesca durante qualquer período do ano.
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.