Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT


A eleição municipal realizada no último domingo (15) permitiu que 15 mulheres chegassem ao cargo de prefeitas em Mato Grosso. Entre as 15, cinco gestoras foram reeleitas, sendo que duas tiveram votação expressiva. São elas Carmem Martines, reconduzida à prefeitura de Carlinda, com 90,16% dos votos válidos e Marilza de Oliveira, reeleita em Nova Brasilândia com 73,63% dos votos.

Os municípios que passam a ser administrados por mulheres em 2021 são: Alto Taquari, com Marilda Sperandio (DEM), Barão de Melgaço, com Margareth de Munil (PSDB), Aripuanã com Seluir Peixer (PSDB), Cáceres estará sob os cuidados de Eliene Liberato (PSB), Conquista D'Oeste com Maria Lúcia (PL), Glória D'Oeste com Gheysa Borgato, Jaciara com Andreia Wagner (PSB), em Nova Maringá Ana Casagrande (Patriota), em Ribeirão Cascalheira Luzia Brandão (SD), em Santa Cruz do Xingu Joraildes de Souza (PSD), em Santo Antonio do Leverger Francieli Magalhães (PTB), em São Félix do Araguaia Dra. Janailza (SD) e em Torixoréu Inês Coelho (DEM). A democrata disputou o pleito sub júdice.

No pleito municipal, de acordo com levanatamento feito pela Associação Mato-Grossense dos municípios, dos 88 prefeitos que tentaram a reeleição, 54 saíram vitoriosos e 34 não conseguiram ser reconduzidos. Dos 34, 15 são mulheres e 10 são ex-prefeitos. O

Entre os prefeitos, Leonardo Bortolin, de Primavera do Leste, obteve 89,04%, conquistando com folga um novo mandato. Nos municípios que tiveram candidatura única, os prefeitos de Porto Alegre do Norte, Daniel do Lago, Marcelândia, Celso Luiz Padovani, Ponte Branca, Clenei Pereira da Silva e de União do Sul, Claudiomiro Jacinto de Queiroz, tiveram 100% dos votos válidos nesta eleição.

Dos ex-prefeitos que retornarão ao cargo em 2021, Nelson Orlato, de Pedra Preta, já foi prefeito do município na década de 1980, sendo um dos pioneiros da cidade. Entre os vários estreantes na disputa eleitoral, um deles é o empresário Hemerson Máximo, conhecido como Maninho, foi eleito em Colíder, em sua primeira eleição para mandato eletivo.

O levantamento realizado pela AMM demonstra, ainda, o mapa dos partidos eleitos para comandar as prefeituras a partir de 2021. O DEM foi a sigla que mais elegeu prefeitos em Mato Grosso, somando 25 gestores, seguido pelo MDB, com 22. Na sequência aparecem PSB (13), PSDB (11), PSD (10), PP (9). PDT, PL e Solidariedade somam oito prefeitos cada um. Republicanos (5), Podemos (5), Patriota (4) e PSL (4), PTB (2) e PSC (2), PT (1), PRTB (1), PROS (1) e Cidadania (1). 

Por Assessoria

Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.