Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Grande parte da droga, cerca de 315 quilos, estava em sete caixas de papelão enterradas dentro do chiqueiro de criação de porcos

Alecy Alves Secom-MT

Uma operação da Polícia Militar que mobilizou policiais do Serviço de Inteligência e do Comando de Ação Rápida(CAR) do 11° Batalhão levou à prisão de cinco suspeitos, entre eles uma mulher, e apreensão de 444 tabletes de maconha, totalizando 405 quilos.

Essa ação ocorreu na manhã desta quinta-feira (29.10), em Sinop (a 500 km de Cuiabá), em uma chácara na região do Bairro Alto Gloria. Além do entorpecente, os policiais apreenderam uma pistola calibre 380, possivelmente utilizada na tentativa de homicídio. Também foram apreendidos mais de R$ 4 mil escondidos embaixo do colchão de um dos presos.

Grande parte da droga, cerca de 315 quilos, estava em sete caixas de papelão enterradas dentro do chiqueiro de criação de porcos. Outra parte escondida em uma área de mata.

Um dos presos, de 20 anos, é apontado como chefe de facção criminosa. Os demais suspeitos têm 19, 22, 24 (a mulher) e 36 anos, e também fariam parte da mesma organização criminosa.

O coronel Wesney de Castro Sodré, comandante do 3° Comando Regional em Sinop, explicou que a ação que resultou nessa apreensão teve iniciou após a prisão de um rapaz, dias atrás, suspeito cometer uma tentativa de homicídio na mesma região da cidade, bairro Alto da Glória.

A partir dessa ocorrência a PM recebeu denúncias e passou a apurar informações sobre um local que estaria armazenando grande quantidade de droga, capaz de abastecer as “bocas de fumo” da região por um bom período.

Todos os presos, a droga e demais produtos apreendidos foram entregues na Delegacia de Polícia de Sinop para que pudessem ser autuados por tráfico com base na lei 11.343/2006

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.


Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.