Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT


Ex-prefeito por dois mandatos ficou pobre após deixar a prefeitura

A eleição municipal em Guarantã do Norte promete ser acirrada em 2020. 5 candidatos disputam o executivo municipal. Além do prefeito Érico Stevan (DEM) que tenta a reeleição, estão no páreo o vereador Celso Henrique (PDT), o médico Paulo César (PSL), o ex-prefeito Lutero Siqueira (PL) e o empresário Cleitom Guedes (PRT).

DR. Paulo Cesar - Paulo Cesar nasceu em 1965 no Rio de Janeiro, é médico anestesista e marido da ex-prefeita do município, Sandra Martins. Bolsonarista e aliado do deputado federal Nelson Barbudo, ele é considerado novo na política. Declarou à justiça eleitoral no registro de candidatura, ter bens avaliados em R$ 122, 642,43.  Tem como candidata a vice-prefeita, Thaisa Martins da Silva, filha de sua esposa, também do PSL.

Cleitom Serpa Silva- Cleitom é empresário em Guarantã do Norte. Vem de uma família tradicionalmente política. Seu avô, João Guedes e um tio por parte de pai, Nelson Guedes, ambos já falecidos, foram prefeitos de Colíder. E seu pai, Celso Guedes, foi vereador em Guarantã do Norte.

Com ensino Médio completo, declarou a justiça um capital de R$ 470 mil, distribuídos em uma área de terra adquirida junto ao MDA- Ministério do Desenvolvimento Agrário na Gleba Iriri, cotas de capital de uma empresa de engenharia e um caminhão.

Celso Henrique Batista da Silva - É vereador de primeiro mandato e presidiu a Câmara Municipal de Guarantã do Norte de 2017/2018. É do grupo de oposição à administração municipal e apesar de ter sido o mais votado na eleição de 2016, com 2.928 votos, perdeu prestígio durante o mandato e não tem a mesma força política.

Ele nasceu em 1978 em Ouro Verde, SP, em 1978. Seu grau de instrução é o ensino médio completo e declarou a justiça eleitoral ter bens avaliados em R$ 965. 500,00, distribuídos em um rebanho bovino de 217 cabeças, avaliado em R$ 500 mil, uma casa avaliada em R$ 350 mil, uma caminhonete Hillux, 2013, de R$ 100 mil, depósito em moeda corrente no valor de R$ 6 mil e uma moto Titan, no valor de R$ 5 mil, que está bloqueada pela justiça.

 Lutero Siqueira- Lutero Siqueira é um politica influente em Guarantã do Norte, com uma carreira consolidada. Foi vereador, presidente da Câmara de Guarantã, vice-prefeito e prefeito por dois mandatos consecutivos de 1997/ 2004. Antes foi superintendente do Incra em Mato Grosso. É temido pelos adversários devido a sua grande habilidade nas articulações políticas.

Porém, enfrenta desgaste no município e havia caído no ostracismo. Sua candidatura é uma tentativa de se reabilitar politicamente.

Lutero Nasceu em 1961, em Brasília/ DF e tem o ensino o médio completo. Após encerrar seu segundo mandato de prefeito, ele ficou pobre financeiramente. Nesta eleição declarou apenas um patrimônio de R$ 7.069, 60.

No entanto, em 2006 quando foi candidato a deputado federal, declarou bens avaliados em R$ 787 mil.

Érico Stevan- O atual prefeito de Guarantã do Norte, candidato à reeleição, iniciou a carreira politica como vice-prefeito de Guarantã do Norte. Na eleição de 2012 se elegeu vereador. Foi filiado ao PT, se transferiu para o PRB- partido no qual se elegeu prefeito e agora está no Democrata.

Érico está concluindo o primeiro mandato com uma boa aceitação e é considerado por muitos em Guarantã o favorito na disputa pela prefeitura. Porém, Guarantã tem pouca tradição em reeleger prefeitos. Os últimos três gestores que lhe antecederam, foram derrotados nar urnas. José Humberto, que tinha alta popularidade, perdeu a reeleição, assim como Chico do Garimpão. E Sandra Martins, que enfrentava desgaste, preferiu não arriscar e não disputou.

Érico nasceu em 1978 em Paraíso do Norte (PR) e tem grau de instrução superior. Nesta eleição, seu patrimônio deu um pequeno salto e ele passou a fazer parte do seleto clube dos milionários.

Na eleição de 2016, declarou ter um capital de R$ 628.095, 05. Em 2020, o prefeito declarou no registro de sua candidatura, bens avaliados em R$ 1.045. 608,52.

Grande parte do capital do prefeito é composto de uma frota de mais de 10 carros [é dona de uma revenda de automóveis]. A lista também incluí um apartamento em Cuiabá, uma casa em Guarantã do Norte, cotas de quinhão e dinheiro em espécie no valor de R$ 96.530,00.

Por Mato Grosso do Norte

Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.