Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

O ex-governador de Mato Grosso, Pedro Taques, confirmou, há pouco, que irá ser candidato ao Senado pelo Solidariedade. A convenção foi realizada, em Cuiabá, esta noite, e ainda não foram anunciados os nomes dos suplentes. O registro da candidatura será feito amanhã, na Justiça Eleitoral.

“Recentemente foi feita pesquisa que mostra que o Pedro Taques não está morto politicamente. Na política, diferente da vida, você nasce e morre várias vezes. Eu quero ser senador pelo Estado de Mato Grosso. Vamos pregar compromissos que serão honrados com a população do nosso Estado”, disse Taques.

Ele ainda prometeu que irá fazer uma campanha “limpa”, sem ataques aos adversários. “Nós não iremos atacar quem quer que seja. Falaremos sobre propostas. Conversaremos com o eleitor. Não serei menino de recado, de grupos políticos. Eu não serei, no Senado, representantes de segmentos. Eu serei senador representante do Estado de Mato Grosso”, afirmou.

Taques já foi senador por Mato Grosso. Ele foi eleito em 2010 e, em 2014, renunciou aos 4 anos que ainda teria de mandato após ter sido eleito governador de Mato Grosso, pelo PDT. Posteriormente, migrou para o PSDB onde tentou a reeleição e foi derrotado por Mauro Mendes (DEM). Em março deste ano, ele deixou a sigla tucana e, há poucos dias, se filiou ao Solidariedade.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: reprodução)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.