Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT


O suspeito, de 27 anos, foi preso, hoje de madrugada, depois de desacatar com palavras como ‘porcos’, ‘vagabundos’, cuspir e ainda mostrar o órgão genital a policiais militares durante atendimento de ocorrência de perturbação de sossego. A ação ocorreu na avenida das Águias, bairro Maria Vindilina, na cidade de Sinop/MT.

De acordo com o boletim de ocorrência, inicialmente a guarnição recebeu informações sobre som alto em um estabelecimento comercial. No local, o proprietário concordou em desligar o aparelho, visto o horário.

Neste momento, o suspeito, que estava consumindo bebida alcoólica no ambiente, se aproximou da equipe e questionou o motivo dos policiais estarem no local “atrapalhando a festa” ao invés de estarem “prendendo ladrões”. Um dos militares tentou explicar a atuação, mas foi interrompido pelo homem, que começou a gritar que a guarnição queria dinheiro e que se pagassem uma quantia a festa podia continuar.

Em seguida, o suspeito foi até próximo um veículo estacionado e novamente desacatou a equipe, dizendo que era ele quem pagava o salário dos policiais, além de xingar de ‘porcos’, ‘vagabundos’, dentre outros. Depois, ele ainda abaixou o short, tirou o órgão genital e começou a balançar em direção as policiais, erguendo ainda as mãos e mostrando um dos dedos.

Diante disso, os militares deram voz de prisão ao suspeito, porém não obedeceu e tentou resistir, cuspindo em um dos policiais, dizendo que não podia ser preso porque sua irmã “era advogada”. Já imobilizado, ele ainda chutou várias vezes a viatura, na tentativa de quebra-la.

O homem, no entanto, foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil para os procedimentos necessários. O boletim de ocorrência foi registrado como desobediência, ato obsceno, desacato e resistência.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: arquivo/assessoria)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.