Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Três tratores e um correntão foram apreendidos e trazidos para Cuiabá

Juliana Carvalho Sema-MT

ONGs colaboram para despoluição de mananciais em Mogi e Região | O Diário  de Mogi

Uma ação da equipe de fiscalização de flora da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) evitou a devastação de área de nascentes de um dos contribuintes do rio Roncador. Durante operação realizada no município de Chapada dos Guimarães, foram apreendidos e removidos do local três tratores, dois discos de arado e um correntão. As multas pelo desmatamento da Área de Preservação Permanente (APP).

As APPs são especialmente protegidas pois possuem a função especial de preservar a água (recursos hídricos), a paisagem, a estabilidade geológica e a biodiversidade, facilitar o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo e assegurar o bem-estar das populações humanas.

Em operação realizada na última semana no município de Chapada dos Guimarães, os fiscais encontraram 90 hectares desmatados com uso do correntão, técnica que está atualmente proibida pela justiça. Os equipamentos utilizados para o desmatamento ilegal foram trazidos para de Chapada dos Guimarães para Cuiabá com uso de caminhão prancha custeado pelo Programa Rem Mato Grosso.

A operação integra as ações do Comitê Estratégico de Combate ao Desmatamento e Exploração Ilegais e Incêndios Florestais. Desde janeiro, os órgãos estaduais já aplicaram R$ 843 milhões em multas por crimes contra as florestas de Mato Grosso. As áreas embargadas somam 249 mil hectares e já foram apreendidos 110 tratores e 139 pessoas foram conduzidas para a delegacia.


Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.