Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Um jovem, de 18 anos, morreu após trocar tiros com policiais militares do Grupo de Apoio (GAP), hoje de madrugada, em Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop). Ele chegou a ser levado ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos. Consta no boletim de ocorrência feito pela PM, que um comparsa dele, de 26 anos, acabou sendo preso. Eles são acusados de envolvimento em diversos roubos nas cidades de Matupá, Peixoto e Guarantã do Norte.

A ação policial ocorreu após identificação de um Honda CB-300 preta usada em pelo menos quatro assaltos e que foi vista entrando numa residência na rua Salvador com o condutor armado. Os policiais verificaram através do portão um adesivo na placa mudando a letra “U” para “O”.

Os militares determinaram que o suspeito abrisse a porta da residência. Durante a abordagem, ele afirmou que tinha um revólver escondido no guarda-roupa, que foi localizado e apreendido. Com isso, acabou confirmando que também guardava diversos objetos roubados para o suspeito que foi morto.

O comparsa entregou os materiais roubados e confessou ter emprestado a moto para o suspeito cometer os crimes. Os policiais foram até a casa dele e, ao chegar na porta, determinaram que saísse, mas não obedeceu e tentou fugir pulando a janela.

Um dos militares se deslocou para acompanhar a situação quando foi recebido a tiros. Eles revidaram realizando disparos contra o jovem que acabou sendo atingido. No local, foi apreendido mais um revólver com munições.

Os aparelhos celulares e televisões recuperados  foram levados à delegacia de Polícia Civil. Agora, os proprietários deverão ser comunicados da reparação.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.