Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL-MT) é o integrante da bancada de Mato Grosso mais bem avaliado pelo Ranking dos Políticos, órgão que mede a qualidade dos parlamentares com base em uma série de critérios como a ausência de processos judiciais, presença nas sessões e a forma como vota os projetos mais relevantes para o país. Além de liderar entre os políticos de Mato Grosso, Barbudo ocupa a 74ª posição no geral, incluindo todos os deputados e senadores.

Com Barbudo fora da presidência desde dezembro, PSL continua sem ...Conforme o ranking, Barbudo segue como o melhor político da bancada mato-grossense. A diferença é que ele ganhou maior projeção nacional. Se em 2019 o pesselista fechou o ranking geral na 84ª colocação, ele conseguiu, no primeiro semestre deste ano, subir 10 posições.
Para fazer a avaliação de cada deputado, a entidade contabiliza presenças nas sessões, privilégios, ações judiciais, formação acadêmica, fidelidade partidária e qualidade legislativa, que é o posicionamento do político em projetos de lei relevantes, avaliados por um conselho, formado por profissionais com reconhecida capacidade analítica e boa reputação no mercado, com formação em áreas como Economia, Engenharia e Administração.

E é justamente na qualidade legislativa que Barbudo se destaca dos demais. O parlamentar votou, por exemplo, favoravelmente ao afastamento do deputado Wilson Santiago (PTB-PB), é um dos investigados da operação Pés de Barro, da Polícia Federal, sobre superfaturamento em obras da adutora Capivara, no interior da Paraíba, que envolveriam crimes de peculato, lavagem de dinheiro, fraude licitatória e formação de organização criminosa. No entanto, o plenário, com o apoio de partidos como o PT, votou em sua maioria para que ele seguisse no cargo.

Outra votação em que Barbudo se destacou foi seu posicionamento pela manutenção do veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que alterava o limite de renda familiar mensal per capita para idosos e pessoas com deficiência terem acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC). A medida criou um gasto para a União da ordem de R$ 60 bilhões, inviabilizando por completo o ajuste fiscal necessário para o país.

Barbudo também recebeu boas avaliações nos projetos que mudaram o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e que mantiveram o veto  a uma regra que obrigaria o governo a executar com prioridade os itens do Orçamento incluídos por meio de emendas do relator-geral e das comissões permanentes, que representam somadas cerca de R$ 30,7 bilhões.

Para o deputado, a notícia de que está entre os 80 melhor parlamentares do Brasil demonstra que ele tem correspondido aos mais de 126 mil votos recebidos em 2018. “Estou apenas cumprindo aquilo com que me comprometi. Lutar para um Brasil mais leve para quem produz riqueza, por punição aos corruptos e apoiando o nosso presidente Jair Bolsonaro, mantendo meu total apoio por meio dos votos nas sessões”.

A íntegra do ranking pode ser acessada em https://www.politicos.org.br/ranking
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.