Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

As EEs André Luis da Silva Reis, de Cuiabá e EE Pedro Gardés de Várzea Grande obtiveram a melhor proficiência – que é o domínio do conteúdo, capacidade de conhecimento adquirido
Adilson Rosa Seduc MT


EE Pedro Gardés é a escola estadual melhor classificada no Enem 2019 de Várzea Grande.
A | A

Mesmo com a pandemia, as escolas estaduais de Cuiabá e Várzea Grande melhores classificadas no ranking do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 não param. As escolas mantêm contato com os alunos do 3º ano orientando inicialmente a seguir o Pré-Enem Digital. A partir das aulas online, os trabalhos se intensificam visando o próximo Enem.

As Escolas Estaduais André Luis da Silva Reis, de Cuiabá e EE Pedro Gardés de Várzea Grande obtiveram a melhor proficiência – que é o domínio do conteúdo, capacidade de conhecimento adquirido. Esse índice leva em conta o resultado de todos os alunos da unidade que realizaram as quatro provas objetivas e a redação, fazendo a média.

O diretor da EE André Luiz, José Romildo Magalhães, salienta que, com a retomada das aulas online, vai ampliar as atividades com os alunos do 3º ano. O objetivo é estar entre as melhores escolas estaduais no Enem.

“Passamos a informação da disponibilização do pré-Enem Digital como espaço virtual de preparação, elencando todas as qualidades da plataforma. Apesar das condições de exceção que vivemos, nossos professores darão o suporte e apoio possível aos alunos para que consigam os melhores resultados no próximo Enem. O importante é que a André Luis tem plano da continuidade de trabalhar conteúdo para o Enem para este ano, mesmo com a pandemia”, comenta.

Para conseguir ótimas notas no Enem, os alunos da escola não fizeram intensivão, mas tiveram um grupo de estudos complementar com alguns professores que deram suporte, além da carga horária. Com tantas notas boas, a maior parte dos alunos estão matriculados em curso superior em universidades públicas.

É o caso de Luana da Silva Pinheiro, que fez o 3º ano do ensino médio na EE André Luis e hoje cursando Nutrição na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Para a estudante, os professores ensinaram muito além do que era necessário fazendo toda a diferença. Luana ressalta que os alunos enxergavam o empenho da escola em ensinar. Com isso, perceberam a força e a boa vontade dos professores, pois a maioria trazia alegria e satisfação.

“Cada dica e conselho em relação ao tão esperado dia foram fundamentais. Desde qual conjunção usar, a linha do tempo entre guerras ou como encontrar o valor de x, até o que levar para comer e como não sentir sono na hora da prova, tudo isso fez toda a diferença”, relata.

A EE André Luis da Silva Reis é a primeira colocada na proficiência do Enem 2019.
Créditos: Divulgação

Pedro Gardés

Na EE Pedro Gardés, os alunos do 3º ano do Ensino Médio também recebem acompanhamento no ano letivo de 2020. O diretor José Cícero da Mota repassou informações sobre o Pré-Enem Digital pelas redes sociais e pessoalmente, para quem viesse buscar apostilas da plataforma Aprendizagem Conectada.  

“A partir das aulas não presenciais, será possível fazer um trabalho mais intenso em relação aos alunos do 3º ano. Estamos no primeiro lugar do ranking do Enem e temos que trabalhar para continuar nesse posto”, ressalta.

José Cícero coloca o empenho e dedicação de toda a equipe – desde o apoio até a equipe gestora, além de um corpo docente com uma boa formação. Além disso, os professores trabalharam com foco voltado para o Enem. Atividades como prática de redação foi bastante trabalhado e com isso, muitas notas acima de 900 pontos em redação.

Direito

Vários alunos conseguiram entrar na universidade através do Sisu. O estudante Moacir Manoel Idalino de Andrade, primeiro lugar em Direito na UFMT, com 980 pontos na redação, ilustra essa situação.

Moacir explica que estudar na EE Pedro Gardés foi uma experiência incrível, pois teve que conciliar trabalho e estudo exigindo um esforço extra.

“Tive o apoio de todos os profissionais da instituição, que, além do conteúdo que passavam, sempre acreditaram no potencial de cada aluno, foi muito importante para que eu conseguisse um bom desempenho no Enem 2019, com 980 pontos na redação. Hoje, tudo o que sinto se resume a gratidão à escola”, comemora.

O aluno Moacir Idalino de Andrade do curso de Direito da UFMT conclui o ensino médio na EE Pedro Gardés.

Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.