Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

O Flamengo confirmou o favoritismo ao vencer por 2 a 0 o Volta Redonda, neste domingo, no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros se classificaram para a final da Taça Rio.
No primeiro tempo, os rubro-negros demoraram a engrenar, mas abriram o placar com Bruno Henrique. Já no início do segundo tempo, novamente Bruno Henrique aumentou a vantagem.7
Na decisão da Taça Rio, o Flamengo terá pela frente o Fluminense. Caso conquiste o segundo turno, os rubro-negros asseguram o bicampeonato do Campeonato Carioca.
O jogo – Diferente dos últimos jogos, o Flamengo viu o Volta Redonda não apenas se defender. Tanto que os visitantes tiveram a primeira boa chance, aos 14 minutos, com Pedrinho. O atacante chutou, a bola desviou e obrigou Diego Alves a fazer boa defesa.
Só que, aos poucos, o Flamengo aumentou a pressão e quase marcou aos 16 minutos, em chute de Éverton Ribeiro. Não demorou muito e os rubro-negros abriram o placar aos 20 minutos. Gabigol tocou para Bruno Henrique, que chutou sem chance para Douglas Borges.
Depois do gol, o Flamengo aumentou seu domínio na partida. Os donos da casa passaram a desperdiçar muitas chances de ampliar o placar. Bruno Henrique, duas vezes, e Gabigol pararam na defesa adversária.
O panorama do jogo seguiu o mesmo até os minutos finais. Os flamenguistas chegaram a marcar o segundo, mas o gol foi bem anulado por impedimento de Bruno Henrique. Com isso, o Flamengo manteve a vantagem até o intervalo.
No segundo tempo, os rubro-negros começaram com tudo e quase ampliaram com um minuto, com Gerson. O meia recebeu na área e chutou para grande defesa de Douglas Borges. Só que dois minutos depois, Bruno Henrique foi lançado, passou pelo goleiro e tocou para a rede.
O revés foi sentido pelo Volta Redonda, que viu o Flamengo aumentar o domínio e passar a criar diversas chances de gol. Quem passou a se destacar foi o goleiro Douglas Borges, que impediu uma goleada rubro-negra.
O Voltaço só assustou aos 22 minutos, com Saulo Mineiro, que chutou na rede pelo lado de fora.
O lance não mudou a atitude do Flamengo, que manteve o domínio da posse de bola. No entanto, os rubro-negros começaram a diminuir o ritmo e a administrar a partida. Nos minutos finais, os donos da casa ainda desperdiçaram uma boa chance com Michael. Mesmo assim, os flamenguistas saíram com a classificação tranquila para a final da Taça Rio.
Gazeta Esportiva (Foto: divulgação/Alexandre Vidal)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.