Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Os dados continuam sendo inseridos na plataforma e a previsão é de fechar o ano com mais de 50 mil agricultores cadastrados.
Rosana Persona Empaer-MT

A plataforma digital está sendo utilizada para coletar as informações dos serviços prestados - Foto por: João de Melo | Empaer
A plataforma digital está sendo utilizada para coletar as informações dos serviços prestados
A | A
Com a finalidade de obter um retrato preciso da agricultura familiar no Estado, técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) já cadastraram 24.370 agricultores familiares no Sistema de Acompanhamento e Gerenciamento das Atividades (Sagae). A plataforma digital está sendo utilizada para coletar as informações dos serviços prestados ao público alvo, além de avaliar o ganho social dos produtores rurais e o trabalho executado pelos técnicos da Empaer.
O técnico de Administração Sistêmica, Eder Antônio da Silva, explica que a ferramenta, desenvolvida pela empresa no ano de 2019 em parceria com o setor de Ater, Pesquisa e Fomento, possui até o momento dados de agricultores de 123 municípios e 2.270 comunidades rurais. Conforme Eder, o Sagae vai possibilitar ao técnico, ao extensionista e ao pesquisador armazenar dados dos produtores atendidos e analisar os resultados da assistência técnica quanto à melhoria produtiva e rentabilidade, adequação ambiental e infraestrutura produtiva das propriedades rurais, além de registrar informações de eventos promovidos para capacitação e fomento junto ao produtor rural.
Com a inserção de informações pelos técnicos, o Governo do Estado terá um banco de dados de todas as cadeias produtivas. Eder fala que a plataforma também terá indicadores e cita como exemplo a cadeia da bovinocultura de leite. Os trabalhos apresentados vão mostrar a evolução do rebanho no Estado, os métodos de trabalho, a produção por município, o tipo de pastagem e outros. Os dados continuam sendo inseridos na plataforma e a previsão é de fechar o ano com mais de 50 mil agricultores cadastrados.
Todos os técnicos da Empaer receberam capacitação para utilização da ferramenta. Silva destaca que a operacionalização do sistema é simples e fácil, via web e aplicada para coletar as informações dos serviços prestados de forma moderna e transparente para os produtores e a sociedade em geral. A finalidade desse trabalho é monitorar, assessorar e controlar os resultados da empresa e permitir maior eficiência no atendimento ao produtor rural.


Até o momento foram cadastrados agricultores de 123 municípios e 2.270 comunidades rurais. 
Além disso, a ferramenta vai fornecer dados de comunidades e assentamentos de cada município, informando a área plantada, previsão de produção, número de produtores, tipos de equipamentos utilizados, condições da propriedade (se possui água, energia, esgoto, internet e outros), acesso as linhas de crédito, comercialização da produção e etc. Também será possível fazer um diagnóstico integrado e mais preciso da área do produtor e da atuação do técnico da Empaer junto as propriedades atendidas. “O sistema está em constante melhoria para tornar a captação de informações cada vez mais precisa e confiável, servindo como apoio para a gestão da empresa e para a tomada de decisões”, esclarece.
Ele explica que o acesso nesse primeiro momento está limitado ao técnico que realiza o cadastramento das famílias, mas no futuro todos os técnicos da empresa utilizarão a plataforma como meio de registro e monitoramento do trabalho prestado. Até o agricultor terá acesso, podendo acompanhar a sua produção e a evolução da propriedade. “A plataforma digital foi elaborada pela equipe de Tecnologia da Informação (TI) da empresa para acompanhar as ações de assistência técnica, pesquisa e fomento”, ressalta.
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.