Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

A ação, que teve apoio da Força Tática, começou com uma abordagem feita próxima a um posto de combustíveis do bairro Jardim Imperial, em Cuiabá
Alecy Alves Secom-MT

Os quatros presos podem responde por tráfico, circulação de moeda falsa, associação criminosa, entre outros crimes - Foto por: Rotam/PMMT
Os quatros presos podem responde por tráfico, circulação de moeda falsa, associação criminosa, entre outros crimes
A | A
Policiais da Rotam, batalhão do policiamento especializado da Polícia Militar, prenderem no início da noite deste sábado (23.05) quatro suspeitos, sendo três homens e uma mulher, e apreenderam 475 comprimidos de ecstasy (droga sintética também chamada de bala) no Jardim Imperial, em Cuiabá.
A ação, que teve o apoio da Força Tática, começou com uma abordagem feita próxima a um posto de combustíveis do bairro. Com o homem (37 anos) do qual os policiais suspeitaram e decidiram abordá-lo foram encontradas as primeiras sete unidades de ecstasy e sete porções de cocaína.
Já na casa dele, onde estavam outras três pessoas, dois homens (30 e 19 anos) e a mulher (de 19), os policiais encontraram 468 comprimidos, 475 cédulas falsas de real, sendo 379 de R$ 50 e 109 de R$ 20. A droga sintética estava dividida em cores, 240 comprimidos da cor vermelha, 235 amarelos e sete verdes.
No local também havia um balança de precisão, uma barra de pasta base de cocaína, três pacotes lacrados com centenas de envelopes para embalagem de droga, relógios, anéis, entre outras joias ou bijuterias de cor dourada.
Todos os suspeitos foram conduzidos à Central de Flagrante do Cisc Verdão, em Cuiabá, e podem responder por tráfico de droga, moeda falsa, associação criminosa, entre outros.
Serviço
A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.