Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Mais do que adiar as eleições municipais para quando acabar a pandemia do novo Coronavírus, o senador Wellington Fagundes (PL) propões que o pleito seja realizado somente em 2022, junto com as eleições presidenciais num movimento que uniria todos os mandatos. Para isso, ele apresentou uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) no Senado, que, se avançar e for aprovada, pode dar aos atuais prefeitos e vereadores um mandato inédito de seis anos.
Como argumento, o senador de Mato Grosso utiliza a pandemia de Covid-19 e defende que o Fundo Eleitoral de R$ 10 bilhões seja utilizado pelo governo federal para combater o surto da doença, além de evitar que que o Coronavírus sirva de palanque eleitoral.
“Outro aspecto importante é a questão do Fundo Eleitoral e eu entendo que é importante transferir as eleições, tanto é que já apresentei uma PEC, uma emenda à Constituição, para que tenhamos coincidência de mandatos em 2022. Esses R$ 10 bilhões [do Fundo Eleitoral] o governo poderá utilizar agora para o combate ao Coronavírus como também já se preparar para a crise econômica que virá, para a retomada do emprego, para geração de oportunidade para os brasileiros”, defendeu.
Outros senadores, como Major Olímpio (PSL-SP), Elmano Férrer (Podemos-PI), Ciro Nogueira (PP-PI) e Mailza Gomes (PP-AC) também defendem o adiamento das eleições.
No Senado, Wellington Fagundes tem defendido outras propostas para aumentar a arrecadação do governo como alternativa para superar a crise econômica agravada pela chegada do Coronavírus. Uma delas é a taxação de grandes fortunas. Para ele, se o país criasse um imposto de apenas 3% ao ano, sobre fortunas que somam R$ 1,2 trilhão, por exemplo, seria possível arrecadar R$ 36 bilhões anuais. Esse dinheiro, sugeriu o senador, possibilitaria ampliar o número de pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). (Com informações da Agência Senado)
Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (foto: Só Notícias/arquivo)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.