Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

O repórter Renato Peters estava falando da situação de um hospital em São Paulo quando aconteceu o fato
Nesta quinta-feira (10), durante SP1, noticiário local de São Paulo, os telespectadores da TV Globo levaram um susto. Renato Peters, repórter do jornal, falava ao vivo da situação crítica de um hospital da cidade por conta do coronavírus. Em um determinado momento durante a reportagem, uma mulher que passava no local da gravação tomou o microfone da mão do jornalista e xingou a emissora. “A Globo é um lixo. O Bolsonaro tem razão”, disse a mulher.
A transmissão foi cortado e retornou a Cesar Tralli, que apresentava o programa direto do estúdio. Ele pediu desculpas aos telespectadores pelo episódio.
Pelas redes sociais, Renato Peters comentou o ocorrido: “Gente! Tá tudo bem aqui. Nenhum arranhão, nem susto. A mulher, que estava com uma criança de 5 anos, só não percebeu que estávamos lá pra mostrar que o hospital do bairro dela já está em situação crítica. No mais, #ficaemcasa. Eu sigo na rua pra reportar. Sempre”, escreveu.
Por Folha do Brasil
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.