Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

que o Governo tem feito todos os esforços para evitar impacto financeiro aos servidores e à população
Lucas Rodrigues Secom-MT 

Live com o governador Mauro Mendes e o Secretário de Saúde Gilberto Figueiredo - Foto por: Tchélo Figueiredo - SECOM/MT
Live com o governador Mauro Mendes e o Secretário de Saúde Gilberto Figueiredo
A | A
O governador Mauro Mendes afirmou que o calendário de pagamento dos servidores públicos estaduais, referente ao mês de abril, será pago rigorosamente em dia, ou seja, no dia 8 de maio.
Mendes assegurou que o pagamento ocorrerá em parcela única, como já tem ocorrido desde o início do ano.
Apesar da queda significativa de arrecadação decorrente dos efeitos do coronavírus, o governador explicou que a gestão tem feito todos os esforços para evitar impactos financeiros aos servidores e aos cidadãos como um todo.
“Neste mês, a queda de arrecadação do ICMS deve fechar em torno de 20%, com perspectiva de perda ainda maior em maio. Mas conseguimos fazer os ajustes necessários para que isso não impactasse o vencimento de abril dos nossos servidores públicos”, explicou.
De acordo com o último boletim econômico, divulgado nesta semana, a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) teve queda de 17,5% entre os meses de março e abril.
“Temos trabalhado diuturnamente para que essa pandemia afete o mínimo possível a qualidade de vida do mato-grossense, garantindo a saúde e os empregos. Em poucos dias teremos mais de 1200 leitos SUS disponíveis para atendimento aos casos de coronavírus. Estamos adquirindo testes, máscaras, respiradores e equipamentos de proteção. Prorrogamos pagamento de IPVA, isentamos ICMS da energia para as famílias de baixa renda. Prorrogamos também o ICMS das pequenas empresas, que são as maiores empregadoras do Estado, para evitar o desemprego”, pontuou.
Segundo o chefe do Executivo Estadual, também foram investidos R$ 8,5 milhões na assistência social aos municípios, além da distribuição de mais de 50 mil cestas básicas à população em vulnerabilidade.
“O Governo tem feito sua parte e, com fé em Deus, trabalho sério e o auxílio da população, vamos superar mais essa dificuldade”, finalizou Mendes.
Secretaria Adjunta de Comunicação (Secom)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.