Publicidade 1

Com saída de Moro, futuro de Paulo Guedes no governo é incerto

O chefe da equipe econômica cancelou todos os seus compromissos do dia, após o anúncio do ministro da Justiça

No mesmo momento em que Moro anunciava sua saída, o ministro da Economia Paulo Guedes cancelava todos os seus compromissos de hoje. Preocupações assombram o futuro dele no cargo, depois da repentina saída de Moro.


Guedes participaria de live do banco Itaú a partir das 10h30, mas cancelou sua participação pouco antes do horário acertado, num momento em que notícias já antecipavam a saída de Moro do governo Jair Bolsonaro. Pouco depois das 13h, a assessoria de imprensa do Ministério da Economia também anunciou o cancelamento de videoconferência de Guedes com o Valor Capital Group às 17h. Na agenda do Ministro à tarde, permaneceu inalterado encontro com o ministro-chefe da Casa Civil, general Braga Netto, a partir das 14h no Palácio do Planalto.
A assessoria de imprensa da pasta informou não ter detalhes sobre a decisão de cancelamento dos compromissos do ministro.
Vale lembrar que Guedes e Moro tinham uma forte ligação, antes mesmo da vitória de Jair Bolsonaro nas eleições de 2018, Guedes teve encontros com ex-juiz e foi um dos responsáveis por levá-lo ao cargo no governo Bolsonaro.
Assim como Guedes era visto como um cara sensato, responsável e capaz de cumprir seus compromissos junto à economia do Brasil, Moro também era considerado um dos maiores símbolos do combate à corrupção.
Sérgio moro confirmou nesta sexta (24) que deixará a pasta de Ministro da Justiça. Sua saída foi um tanto conturbada, depois de suas declarações durante a coletiva, onde Moro afirmou que Maurício Valeixo não pediu para deixar o cargo, contrariando o que diz a nota publicada pelo presidente nas redes sociais.
Em seu discurso duro contra o Presidente, o Ex-Ministro da Justiça disse ainda que era uma decisão exclusiva de Bolsonaro ao trocar o comando da Polícia Federal, afirmando tratar-se de interferência política. 
Moro lembrou que quando foi convidado para assumir o cargo, Bolsonaro prometeu “carta branca” a ele, o que não estava acontecendo nesse momento.
Por Folha do Brasil
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!