Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) abriu um canal de comunicação com os dez presidentes dos clubes participantes do Campeonato Mato-grossense, paralisado na semana passada por conta do Coronavírus (Covid-19). Com a proibição de aglomeração de pessoas em ambiente fechado para evitar contaminação da doença, a entidade vem conversando com dirigentes via wattsapp para mantê-los informados e ao mesmo tempo encontrar uma saída para a sequência do torneio, responsável em indicar os representantes de Mato Grosso aos torneios nacionais como Copa do Brasil, Copa Verde e Campeonato Brasileiro da Série D.
Diretor de Competições da entidade Diogo Carvalho negou que haja uma proposta para decretar o fim do Estadual. E a tendência seria um suposto cancelamento da disputa, o que beneficiaria diretamente os rebaixados à Segunda Divisão do Mato-grossense do próximo ano: Araguaia e Mixto, que foram donos das piores campanhas entre os dez participantes.
Para Carvalho, é muito prematuro colocar na mesa de discussões qualquer pauta em relação ao Mato-grossense. “Está muito indefinido o quadro no Brasil. Não podemos bater martelo em nada nesse momento de instabilidade. Criamos um grupo para debatermos algumas questões do Estadual. Mas nem cogitamos cancelar o torneio. O momento é de ver o que acontecer daqui pra frente. Somente isso”, disse.
Diante da instabilidade em todo o Brasil por causa da quarentena, vários clubes já liberaram seus jogadores.
A Gazeta (foto: arquivo/assessoria)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.