Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Definitivamente, uma das melhores semanas da carreira. Também pudera. No domingo, golaço e vitória no clássico logo na casa do adversário. Já nesta quarta-feira, dia de comemorar mais um ano de vida. Pedro Castro tem motivos de sobra para celebrar.

O camisa 7 do Avaí completa hoje mais um ano de vida: agora são 27. E faz questão de lembrar do presente que veio antecipado. No duelo diante do rival Figueirense, domingo, Pedro Castro marcou de longe um bonito gol, abrindo o placar para a vitória avaiana por 2×0. “Com certeza uma das melhores semanas da minha carreira. 

Marcar um gol no clássico foi algo sensacional como eu disse. Poder ajudar assim, num jogo como esse, que é muito importante pra todo mundo é muito legal. Estou extremamente feliz. Sei que o torcedor também está feliz, isso é bom. 

Nada melhor do que aproveitar meu aniversário, com minha família, depois de um clássico tão marcante pra mim”, afirmou o jogador, campeão catarinense em 2019 e eleito melhor volante da competição.

Com 100% dos minutos disputados até aqui em 2020, Pedro Castro segue colecionando bons números. Ano passado fechou a temporada com 49 jogos e três gols, sendo o atleta avaiano com mais partidas em 2019. Feliz com o momento, o meio-campista quer ‘muito mais’. “É só o começo da temporada e sabemos que temos muito a evoluir ainda. Precisamos crescer mais, atingir um nível muito melhor. 

Mas é assim mesmo, o tempo de preparação é muito curto e temos que fazer as coisas com o passar das partidas. Estou aqui há algum tempo, tenho mais de 100 jogos, já fui campeão, teve o acesso, mas quero muito mais aqui no Avaí. E vou seguir me dedicando para isso acontecer”, finalizou o aniversariante do dia, que pelo Leão soma um total de 112 compromissos e oito gols marcados.

Foto: André Palma Ribeiro/Avaí
João Ricardo Ziert,
Assessor de Imprensa
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.