Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

O presidente do PSD, e pré-candidato ao Senado, Carlos Fávaro, pediu exoneração do cargo de chefe do Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília (Ermat). A publicação, assinada pelo governador Mauro Mendes, será publicada no Diário Oficial de hoje. Ele ficou 13 meses na função, atendendo diversas demandas do governo de reestruturação e execução de programas relevantes para o Estado
“Conforme pedido do governador, era para se fazer menos política e mais execução dos programas importantes para Mato Grosso”. “Vou dedicar-me 100% à eleição suplementar. Vamos conversar com nossa base e aliados”, disse, através da assessoria.
Fávaro foi terceiro colocado na eleição de 2018 e obteve 430 mil votos. Seu partido ajuizou ação na Justiça Eleitoral contra Selma Arruda por abuso de poder econômico e caixa 2 que resultaram nas cassações dos diplomas de Selma e dos dois suplentes .
Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.