Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

blairo maggi 680
Blairo Maggi (PP), um dos gigantes do agronegócio que até ontem jurava não ser candidato, só está esperando sinal positivo do Palácio do Planalto para entrar na disputa ao Senado, na suplementar de 26 de abril.
Em privado, o empresário que já foi governador, senador e ministro da Agricultura do Governo Temer, espera ter apoio de Bolsonaro. Embora seja considerado hoje imbatível, teme que, sem o presidente do lado, possa ser surpreendido pelo concorrente sintonizado com Bolsonaro na esteira da onda direitista que varreu muitos políticos nas eleições de 2018.
Se Blairo entrar, Otaviano Pivetta, que até já montou chapa com Sachetti e Cidinho de suplentes, sai. Ambos são do agronegócio. E outros também desistiriam, inclusive o próprio Carlos Fávaro (PSD), que aguarda manifestação do STF sobre o pedido para ocupar interinamente a cadeira da cassada Selma Arruda até que o novo pleito seja realizado.
Por 
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.