Publicidade 1

Por falta de energia, CPI da Energisa faz audiência à luz de velas no Oeste de Mato Grosso

Enquanto a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Energisa não realiza a sua primeira reunião de trabalho na Assembleia Legislativa, os membros fazem audiências públicas no interior do Estado e cada vez descobrem mais problemas. Em Porto Esperidião, na região Oeste, a audiência de quinta-feira passada teve que ser realizada à luz de velas. Isso porque a Câmara Municipal, que organizou o evento, estava sem energia elétrica das 9h da manhã até às 19h, quando começou a reunião.
“Aqui conseguimos ver a falta de responsabilidade da empresa. Estamos realizando essa audiência pública sem luz. Pelo do clamor social chegamos até a CPI, tenho escutado tantos depoimentos que são preocupantes, tem pais de famílias que estão sem saber se comem ou se pagam energia porque o aumento foi exorbitante”, protestou o presidente da CPI, deputado Elizeu Nascimento (DC).
Mesmo sem energia elétrica, a reunião esteve lotada de moradores que reclamaram da má prestação do serviço e dos preços da tarifa, que, segundo eles, subiram demasiadamente nos últimos meses. O Procon tem acompanhado as reclamações
“O Procon está junto com a CPI da Energisa, hoje conseguimos resolver 90% das demandas que chega até nós, nos outros 10%, chama-se Energisa. Atualmente a Energisa é campeã no ranking do Procon. Ninguém supera, é absoluta. Eu tive caso de consumidor que ganhava R$ 900 e a conta vinha R$ 50 e de repente a conta passou a vir R$ 800. São situações que a gente sente na pele “, frisou o representante do Procon, Robson Castilho.
A CPI da Energisa foi instalada no dia 23 de outubro e confirmou Elizeu Nascimento como presidente. Thiago Silva (MDB) foi eleito vice-presidente e Carlos Avallone foi escolhido como relator. Os deputados Doutor Eugênio (PSB) e Paulo Araújo (Progressistas) ficaram como membros. Decidiu-se que serão realizadas audiências públicas regionalizadas e que a diretora do Procon, Gisela Simona, será a primeira convocada para as reuniões, que ainda não começaram a ser realizadas porque a Mesa Diretora da Assembleia precisa disponibilizar o corpo técnico para dar continuidade aos trabalhos.
Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (foto: JL Siqueira/arquivo)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!