Publicidade 1

Cuiabá marca no fim, vence Paysandu nos pênaltis e é campeão da Copa Verde

O Cuiabá acaba de vencer o Paysandu e conquistar a Copa Verde. Em emocionante partida no estádio do Mangueirão, em Belém (PA), a equipe mato-grossense conseguiu reverter a desvantagem do jogo de ida, levou a decisão para os pênaltis, no último minuto, e chegou ao bicampeonato da competição regional (o primeiro título foi em 2015).
No jogo de ida, na Arena Pantanal, o Cuiabá perdeu de 1 a 0. Com isso, precisava reverter a desvantagem fora de casa. Em uma partida com oportunidades para ambos os lados, a equipe foi para o tudo ou nada nos cinco minutos de acréscimo no segundo tempo. Aos 49, Paulinho aproveitou bola alçada na área, cabeceou e marcou o gol do Dourado, silenciando os mais de 25 mil torcedores do Paysandu no Mangueirão.
O resultado levou a decisão para os pênaltis. Edinei, para o Cuiabá, e Caíque, para o Paysandu, desperdiçaram. Nas alternadas, Felipe Marques anotou para os mato-grossenses, enquanto Nícolas chutou no travessão.
Com a conquista da Copa Verde, o Cuiabá, que já estava classificado para a Copa do Brasil em 2020, entrará diretamente nas oitavas de final da competição nacional. Com isso, assegura a cota inicial de R$ 2,5 milhões por participação nesta fase.
Antes de encerrar a temporada, o Cuiabá ainda tem pela frente dois jogos pelo Campeonato Brasileiro da Série B. O próximo é no sábado (23), contra o Botafogo paulista, em Ribeirão Preto (SP). O Dourado encerra participação na competição nacional no dia 30, contra o Vila Nova, na Arena Pantanal.
Sem possibilidades de alcançar o G4 e uma vaga na Série A do ano que vem, o Cuiabá joga a Série B apenas para cumprir tabela, uma vez que também não tem mais chances de ser rebaixado. Atualmente, a equipe está em 8º, com 51 pontos.
O jogo – Mesmo precisando do resultado, o Cuiabá não começou bem a partida. Aos 14, o Paysandu chegou com perigo com Nicolas, que bateu forte da entrada da área para defesa de Victor Souza. O Cuiabá tentou responder com Felipe Marques, aos 16. O atacante chutou na entrada da área e acabou mandando pela linha de fundo.
O Papão da Curuzu voltou a ameaçar aos 22, quando Tomas recebeu e bateu colocado. A bola saiu pela linha rente à trave. O Dourado teve oportunidade aos 28. Djavan recebeu a bola e tentou bater de primeira, mas mandou para fora. A equipe mato-grossense ainda levou um susto, aos 30. Tomas cruzou e Nicolas desviou de cabeça. A bola bateu no travessão e, no rebote, o árbitro marcou falta.
A equipe cuiabana quase abriu o placar, com Jefinho. Ele aproveitou cruzamento de Paulinho, aos 37, e desviou para o gol. Giovanni fez grande defesa. O Paysandu ainda desperdiçou uma chance no minuto seguinte. Vinícius Leite bateu forte da entrada da área e Victor Souza encaixou.
Na volta do intervalo, os paraenses criaram grande perigo, logo aos 4 minutos. Após jogada trabalhada, a bola sobrou para Nicolas, que limpou a zaga e chutou para fora. Aos 11, os cuiabanos reclamaram de um pênalti em Felipe Marques, mas a arbitragem mandou seguir. O atacante voltou a incomodar a zaga paraense, aos 28. Gutiérrez lançou e Felipe desviou por cima do gol.
Aos 31, Hygor Silva marcou o que seria o primeiro gol do Paysandu. O atacante chegou a comemorar, porém, o assistente anotou impedimento e o tento acabou anulado. Superado o susto, o Cuiabá esteve muito perto de abrir o placar, aos 35. Jefinho recebeu, girou e bateu. A bola passou perto do travessão adversário. O Papão respondeu aos 39. Vinicius cobrou escanteio, Nicolas cabeceou e, mais uma vez, a bola parou no travessão.
Nos cinco minutos de acréscimo, o Cuiabá foi para o tudo ou nada. E a estratégia deu certo, quando, aos 48 minutos, Edinei foi puxado pela camisa e o árbitro viu falta na intermediária. Na cobrança, que contou com o goleiro Victor Souza na área, Escudero lançou e Paulinho desviou. O arqueiro Giovanni chegou a pular, mas não alcançou a bola que parou no fundo do gol.
Com o resultado, a partida teve que ser decidida nos pênaltis. Edinei perdeu a primeira cobrança para o Cuiabá. Leandro Lima cobrou para o Paysandu e marcou. Gutiérrez foi o segundo a cobrar para o Dourado e conseguiu empatar. Thiago Primão botou o Papão na frente de novo. Escudero foi para a terceira cobrança do Cuiabá, deslocou o goleiro e deixou tudo igual de novo.
O terceiro do Paysandu foi marcado por Tony, que chutou forte no meio do gol. Alex Ruan também escolheu a segurança de bater no meio e fez o terceiro do Cuiabá. O zagueiro Micael anotou o quarto dos donos da casa. Paulinho converteu a última cobrança dos mato-grossenses. O título chegou a estar nos pés de Caíque. O zagueiro acabou chutando para fora e a decisão foi para as penalidades alternadas.
Felipe Marques converteu a primeira para o Cuiabá. Nícolas foi para a cobrança do Paysandu, bateu forte e a bola explodiu no travessão, dando o título aos mato-grossenses.
Só Notícias/Herbert de Souza (fotos: assessoria)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!