Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Não deu para estar em campo, mas mesmo assim, o zagueiro Ianson acompanhou de perto a classificação de seus companheiros para a grande final da Série D do Campeonato Brasileiro.

Por conta de uma torção no tornozelo, o defensor foi vetado para o segundo e decisivo jogo da semifinal, disputado no último domingo (04). Após perder fora de casa por 2 a 0 para o Ituano, o Brusque devolveu o placar e levou o confronto para os pênaltis. Nas cobranças, 4 a 3 para o time catarinense e alegria total no estádio Augusto Bauer. “Foi incrível, sensacional. 

Como não deu para jogar, por causa do tornozelo, tive que acompanhar das arquibancadas mesmo. A torcida fez uma festa linda e no final todos comemoraram juntos essa vaga para a decisão. Mas não foi fácil, o Ituano tem uma grande equipe. Mais difícil ainda foi estar de fora e ter que ficar só assistindo. Ainda bem que deu tudo certo. Nosso grupo lutou muito e mereceu a classificação. Estão todos de parabéns”, destacou o jogador, que completa no próximo final de semana 40 jogos com a camisa do Bruscão.

No domingo (11), às 16h, o clube de Santa Catarina enfrenta o Manaus no primeiro jogo da final. Dessa vez, diferente das outras fases de mata-mata, o Brusque decide fora de casa. “Muda um pouco, já que fizemos todos os jogos decisivos em casa. Mas, numa final de campeonato, você não tem que escolher adversário nem lugar para jogar, o que vier pela frente tem que encarar. Vamos pensar primeiro no jogo desse final de semana, dar o nosso melhor para conseguir a vitória”, concluiu.

Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Alexandre Rosa,
Assessor de Imprensa
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.