Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Cerca de 30 redes de pesca, 10 espinhéis e 297 anzóis de galho foram apreendidos pela equipe de fiscalização da secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), em parceria com o Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental durante operação contra a pesca predatória nas regiões de Sorriso, Paranaíta, Colíder, Nova Canaã do Norte, Tabaporã e Porto dos Gaúchos entre os dias 4 e 17 deste mês.
De acordo com a Sema, durante a ação foi resgatado uma arara-vermelha e apreendidos 147 kg de pescado irregular das espécies pacu, cachara, piau, matrinxã e barbado. Além de quatro armas de fogo, oito munições, objetos para carregar cartuchos de espingarda, uma faca, duas cevas mecânicas, um barco e um motor de popa.
Ainda de acordo com a assessoria, cinco pessoas receberam multa no valor de R$ 29 mil e foram encaminhadas para a delegacia para que sejam feitos os encaminhamentos na esfera criminal. Os peixes apreendidos foram entregues à Polícia Civil de Porto dos Gaúchos, que ficou responsável pela doação
Mesmo fora do período de defeso da piracema estadual, os pescadores profissionais e amadores precisam seguir algumas regras determinadas pela Lei Estadual, que estabelece a proibição para uso de apetrechos de pesca como: tarrafa, rede, espinhel, cercado, covo, pari, fisga, gancho, garateia pelo processo de lambada, substâncias explosivas ou tóxicas, equipamento sonoro, elétrico ou luminoso.
As denúncias de pesca depredatória e outros crimes ambientais podem ser feitas à Ouvidoria Setorial da Sema.
Redação Só Notícias (foto: assessoria)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.