Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Os militares do Corpo de Bombeiros de Cuiabá vão reforçar as buscas com dois cães farejadores por uma mulher, de 35 anos, que está desaparecida há cerca de 5 dias, em uma região de mata nas proximidades de Cachoeira da Serra, que é distrito de Altamira, no Pará. O segundo sargento BM, Moacir Machado disse, que a equipe é formada por 10 militares de Colíder, Guarantã do Norte e Itaituba (PA).
“Essa equipe de Cuiabá vai auxiliar nas buscas. A área para fazer a varredura é muito grande. Além disso, a mata é fechada e, até agora, não foi encontrado nenhum sinal do local onde ela pode estar. Já são cinco dias de buscas e esse tempo acaba complicando ainda mais a localização. Os militares já andaram muito pela região e entraram em vários pontos”, explicou Machado.
A mulher desapareceu após o marido dela, Adelar Cordeiro dos Santos, de 45 anos, ser atingido por uma árvore no sítio deles, localizado a cerca de 70 quilômetros da BR-163, nas proximidades de Cachoeira da Serra, que é distrito de Altamira, no Pará, na sexta-feira. Ele era morador de Guarantã do Norte, onde foi sepultado, no último domingo, segundo a funerária São Judas.
Um familiar informou, anteriormente, ao Só Notícias, que Adelar e a esposa, de 35 anos, estavam fazendo a derrubada na propriedade quando ele acabou sendo atingido pela árvore. O corpo dele foi encontrado por funcionário de uma fazenda. “Ela toma medicamentos controlados, sofre de depressão e as vezes têm surtos. É possível que ela tenha entrado em desespero ao ver o marido morto, entrou na mata e desapareceu”, disse. Adelar Cordeiro tinha dois filhos, de 11 e 17 anos.
Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria/arquivo)
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.