Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), concedeu o habeas corpus a Nivaldo Amaro da Silva, de 45 anos, acusado de assassinar Odair José de Oliveira Santos, de 41 anos, com um disparo de arma de fogo em Guarantã do Norte. O habeas corpus foi Julgado por unanimidade pela Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. 
Nivaldo passa agora a responder o crime em liberdade, a informou o advogado de defesa Pedro Henrique Gonçalves.
Ainda segundo a defesa, a liberdade foi concedida, pelo fato dele ser réu primário e não haver necessidade da prisão do mesmo.
O crime aconteceu no dia 29 de abril, o acusado foi preso no mesmo dia do crime, pela Polícia Militar na BR-163.
Em depoimento Nivaldo disse que no dia do crime, a vítima passou várias vezes em frente a sua residência fazendo "barulho com a motocicleta" e depois parou no local e passou a fazer provocações. O acusado afirmou que devido a isso, se apossou de um revólver calibre 38 e fez os disparos, atingindo Odair no pescoço. A vítima chegou a ser socorrista, porém não resistiu e veio a óbito ao dar entrada na Unidade Hospitalar.
O que também teria motivado o crime foi o fato de Odair ter tido um relacionamento extraconjugal com a esposa do acusado.
Por Olhar Cidade
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.