Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Nessa safra, o produtor só não vai colher tanto por causa do excesso de chuva, registrado em maio. Produtores no sul e sudeste do estado enfrentam a queda na produção.

Por Walter Quevedo, TV Centro América
Resultado de imagem para colheita de algodão
Os produtores de Mato Grosso começaram a colheita do algodão no estado. Nesta safra, a cultura ocupa uma área de 2 mil hectares em uma propriedade em Campo Verde, a 139 km de Cuiabá. A área é 50% maior que a plantada no ano passado.
“Aumentamos por questão de preço mesmo. A soja e o milho não estavam satisfatório, por isso mudamos para o algodão”, contou o produtor Valmir Aquino.
Da produção de pluma que já começou a ser colhida nos últimos dias, o produtor já comercializou cerca de 70%. Mesmo apostando alto na cultura, ele sabe que a lucratividade não será tão boa quando 2018.
Valmir vendeu a arroba da pluma por R$ 85. São R$ 10 a menos que na safra do ano passado.
“É uma queda bastante expressiva que praticamente está inviabilizando nosso custo de produção.
Nessa safra, o produtor só não vai colher tanto por causa do excesso de chuva, registrado em maio. O excesso de água comprometeu o desenvolvimento das maçãs que ficam na parte de baixo do algodoeiro mais próximas ao solo.
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.