Publicidade 1

Mixto vence o CSA e se classifica na Copa do Brasil

O Mixto acaba de vencer o CSA, por 1 a 0 e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. A equipe mato-grossense brilhou na Arena, em Cuiabá, e eliminou o time alagoano que está na Série A do Brasileirão. De quebra, leva uma cota de R$ 625 mil. Na etapa complementar Rodrigo Biro recebeu de Jhon Marques, cruzou na área do CSA e a bola sobrou para William Amendoim tocar para o gol e garantir a memorável vitória.
O Tigre vai enfrentar 9 vencedor de Chapecoense e São José (RS) na próxima etapa da competição nacional.
No início, o CSA não perdeu tempo e logo na saída Pedro Rosa cruzou, a bola passou pela área do Mixto e sobrou para Matheus Sávio. O meia do CSA chutou forte e o goleiro Vinícius defendeu, impedido o primeiro gol. O Mixto reagiu logo com cruzamento na área do CSA e Gérson afastou pelo alto. Na tentativa de ligação com o ataque da equipe mato-grossense, a bola ficou com o goleiro João Carlos. Aos 7 minutos, após cruzamento do lado direito, a bola ficou dentro da área do Azulão, mas na hora do chute Celsinho travou a jogada e salvou o CSA. O time alagoano reagiu com Gerson que se manteve no campo de ataque, tentou entrar na área do Mixto, mas a defesa alvinegra acabou com a festa do zagueiro azulino.
Diferente do jogo contra o União, na última rodada do Estadual o Mixto estava bem mais ligado no jogo e fechava os espaços de campo, mas em uma vacilada, Patrick Fabiano recebeu passe de Luciano Castan, se livrou do marcador e chutou colocado. A bola subiu demais e passou à esquerda do gol de Vinícius. Só foi susto para a torcida do Tigre.
Aos 19 minutos, Arilton recebeu passe dentro da área do CSA, tentou passar por Pedro Rosa, que ficou no chão, pediu pênalti e o árbitro carioca marcou apenas tiro de meta. Em seguida, William Amendoim chutou forte da entrada da área do CSA, mas a bola subiu demais. Aos 22 minutos, Didira é calçado por Coutinho, falta em favor do CSA. Na cobrança, Matheus Sávio levantou na pequena área do Mixto e Vinícius afastou, de soco.
William Amendoim é lançado em profundidade, entra na área do CSA, tentou adivinhar a jogada do goleiro e foi travado por Gerson perdendo oportunidade que poderia ter sido o primeiro gol do Mixto. Aos 33 minutos, Jhon Marques avançou pela esquerda, cruzou e Yan cabeceou sozinho, tirando tinta do travessão de João Carlos. O Tigre teve as melhores chances mas nada de finalizar. Faltou qualidade. A melhor chegada do CSA foi com Celsinho que chutou de longe, a bola desviou em Matheus Alves e saiu, assustando a torcida do Mixto. Fim de primeiro tempo, na Arena Pantanal: 0 a 0
Na etapa complementar Rodrigo Biro recebeu de Jhon Marques, cruzou na área do CSA e a bola sobrou para William Amendoim tocar para o gol de João Carlos e marcar : 1 a 0. Foi o primeiro jogo do Amendoim como titular em 2019. O time alagoano reagiu com Matheus Sávio que mandou na cabeça de Régis e o atacante, sozinho, cabeceou para fora. O CSA perde grande chance de empatar. O time de Alagoas começou a crescer depois de levar o primeiro gol. Aos 18 minutos, Jhonnatan arriscou da intermediária e mandou por cima do gol de Vinicius. Aos 22, Didira passou pelo marcador, cruzou na área do Mixto e a bola bateu em Mateus antes de sair pela linha de fundo. Jhon Cley invadiu a área do Mixto, tentou passar por Renan e ganha mais um escanteio para o Azulão.
Aos 29 minutos, Yan Philippe chutou cara a cara, com João Carlos e o goleiro do CSA fez uma defesa incrível evitando o segundo gol. O Mixto ganhou escanteio. Na cobrança, a defesa do CSA afastou. Régis cruzou na área do Tigre, a bola passou por toda área e sai na linha lateral. Aos 33, Celsinho mandou na área do Mixto, Lohan tentou chutar de primeira, perdeu o tempo e pegou errado na bola.
Aos 35 mais uma chance do Mixto, Yan recebe dentro da área do CSA, girou na frente da defesa e chutou forte. João Carlos espalmou para escanteio. Na cobrança, a zaga alagoana afastou. Aos 42, Régis ficou com a sobra na entrada da área do Mixto, chutou forte e mandou por cima do gol de Vinicius para alívio de torcida morrense. O jogo teve 6 minutos de acréscimos. Aos 46, o técnico Toninho Pesso foi expulso por reclamação e o Mixto venceu comemorando muito o triunfo.
No próximo dia 13, o Cuiabá enfrenta o Ypiranga e o Sinop encara, no Gigantão, o Santa Cruz, pela Copa do Brasil.
Só Notícias/David Murba (foto: assessoria)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!