Publicidade 1

Governo busca parcerias para cursos de qualificação profissional

Primeira-dama Virginia Mendes esteve reunida com o presidente da Fiemt, Gustavo Oliveira, nesta terça-feira (26).
Pamela Muramatsu Bini Secom MT
Também participaram do encontro Rosamaria Carvalho (Setasc) e Lélia Brun (Senai)
Com a proposta de viabilizar cursos de qualificação profissional e outras ações com foco no desenvolvimento econômico e geração de emprego, a primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, reuniu-se, nesta terça-feira (27), com o presidente da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo Oliveira.
A reunião ocorreu na sede da Federação, em Cuiabá, e contou com a participação da secretária de Estado de Cidadania e Assistência Social (Setasc), Rosamaria Carvalho, e da diretora regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-MT), Lélia Brun.
Conforme a secretária Rosamaria, há, em Mato Grosso, mais de 49 mil jovens entre 16 e 24 anos com defasagem escolar e fora do mercado de trabalho, de acordo com dados  do Cadastro Único das Políticas Sociais (CADÚnico), do mês de novembro de 2018.
“E este é apenas um recorte, pois existem ainda as mulheres chefes de família. Nosso objetivo ao buscar a parceria com o Senai é exatamente atender a este público com cursos de qualificação e, com isso, fazer a inserção no mercado de trabalho”, pontou Rosamaria.
A primeira-dama Virginia Mendes destacou que o mercado de trabalho está cada vez mais exigente e quando o trabalhador se apresenta para a vaga com um certificado emitido pelo Senai as chances aumentam.
“Quando se fala em educação profissional a primeira palavra que vêm à mente é o nome do Senai. E as avaliações, tanto dos empresários quanto da população, são sempre ótimas em relação aos cursos ofertados. É impossível que o Governo atue neste assunto sem a parceria do Senai”, ressaltou.
O presidente da Fiemt, Gustavo Oliveira, reforçou que a Federação e as demais instituições que compõem o Sistema estão de portas abertas para uma parceira com o Estado, especialmente quando as ações são voltadas ao social.
“Temos como foco auxiliar as indústrias e parte da alavancagem econômica do segmento passa pela mão de obra qualificada. Observamos que há muitos setores com carência de profissionais e a nossa intenção é ajudar nas duas pontas: a quem precisar contratar e não encontra o trabalhador qualificado e também a quem precisa trabalhar, mas não tem a qualificação devida”, frisou Oliveira.
Sobre o Senai
A instituição é um dos cinco maiores complexos de educação profissional do mundo e o maior da América Latina. Seus cursos preparam trabalhadores para 28 áreas da indústria brasileira, desde a iniciação profissional até a graduação e pós-graduação tecnológica.
Desde 1942, quando iniciou suas atividades, já formou mais de 73 milhões de trabalhadores. Apenas em 2017, a entidade realizou 2,3 milhões matrículas. Em Mato Grosso, foram 80 mil, em 2018, nas 13 unidades do Estado, número 7% superior ao ano anterior. O trabalho junto às indústrias alcançou um índice de satisfação de 9,18 no quesito Educação Profissional.
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!