Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

O financiamento do programa de obras MT Integrado foi alvo de uma reunião no Banco do Brasil, em Brasília, com João Rabelo Júnior, vice-presidente de Gestão de Pessoas, Suplementos e Operações.
O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, solicitou uma análise no contrato, para que seja possível realizar um reperfilamento dessa dívida, ou seja, que ela possa ser alongada.
Atualmente, por ano, o governo do Estado paga cerca de R$ 270 milhões em financiamento do MT Integrado.
O financiamento foi realizado pela gestão de 2011 a 2014 e utilizado para um conjunto de obras que tinham como objetivo interligar cidades por meio de rodovias estaduais asfaltadas com os principais eixos estruturantes, como as BRs 163 e 158.
Segundo o governador Mauro Mendes, o valor pago pelo financiamento está pesando no caixa do governo.
“Nós estamos pedindo ao banco que faça uma análise para que a gente possa fazer um reperfilamento dessa dívida, alongando, para que nesse momento de dificuldade o Estado possa ter melhores condições de fazer o enfrentamento da crise e, principalmente, pagar fornecedores na segurança e saúde.
Laice Souza Gcom-MT 
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.