Publicidade 1
Publicidade 1

Janaína formaliza pedido de afastamento do governador Taques por suspeita de caixa 2

A deputada Janaína Riva (MDB) pediu o afastamento do governador Pedro Taques (PSDB) das funções executivas.  Ela fez o requerimento ontem durante a sessão noturna da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) com base na delação do ex-coordenador financeiro da campanha tucana, Alan Malouf, que envolve o atual gestor estadual em uma possível prática de caixa 2 na campanha de 2014. O pedido foi entregue ao presidente da Casa de Leis, Eduardo Botelho (DEM), que encaminhou o documento para a Procuradoria-Geral do Legislativo emitir parecer em até cinco dias, para então a mesa diretora do parlamento tomar a decisão.
Além do caixa 2, o documento de Janaína aponta suposto esquema de desvio de verbas públicas na Secretaria de Estado de Educação (Seduc), extorsão dos proprietários da cervejaria Petrópolis para assegurar a manutenção anticompetitiva de benefícios fiscais recebidos pela empresa, fraude em contrato de fornecimento de combustível com dispensa de licitação e manutenção de esquema de propina iniciado na gestão Silval Barbosa com empresa de empréstimos consignados.
“Peço que entendam que o recebimento da denúncia e o consequente afastamento do governador mesmo faltando apenas dois meses para o término do mandato dele. É a medida que se revela inadiável para fins de preservação das instituições, de impedir o ocultamento de crimes, de acautelar o assacado erário estadual contra as investidas despudoradas do atual governo e como forma de dar uma resposta incisiva à sociedade”, discursou na tribuna.
Por meio de nota emitida na semana passada, logo após a quebra do sigilo da delação de Malouf, o governador Pedro Taques negou a “prática do chamado “Caixa 2” em sua campanha eleitoral ao Governo de Mato Grosso em 2014 e tampouco autorizou vantagens indevidas a qualquer empresa durante o exercício do mandato. Apesar de citado por delator em acordo de delação premiada, Taques não é réu no processo da chamada “operação Rêmora” e terá direito a ampla defesa nos autos. O governador já constituiu advogados para atuar no processo e garantir que a verdade prevaleça”.
Só Notícias/Marco Stamm (foto: assessoria/arquivo)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!