Bem-vindo(a). Hoje é Guarantã do Norte - MT

Gabinete de Crise será montado para que ocorrências sejam solucionadas de forma mas rápida.

Por G1 MT
Mais de 3 mil policiais civis e militares devem compar as equipes de segurança nas eleições — Foto: Polícia Civil-MT/Assessoria
No dia 7 de outubro, dia das eleições, a segurança será reforçada com a convocação de 2.299 policiais militares e mais 987 policiais civis, que vão atuar em todo o estado.
De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), esse número extra de policiais conta ainda com o efetivo escalado normalmente para finais de semana.
O planejamento para atuação das equipes de segurança no dia das eleições começou em julho e teve a participação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Polícia Federal, Exército, Guarda Municipal de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, além da Secretaria de Mobilidade Urbana da capital.
Um comitê de gestão de crise será montado no dia 07, exclusivamente para atender ocorrências ocasionadas geradas no âmbito eleitoral.
De acordo com a Sesp, o objetivo é ter mais rapidez na solução dos problemas eleitorais, especialmente nos casos mais graves.
As possíveis ameaças já estão sendo estudadas pela equipe de inteligência para que assim, os policiais já tenham um plano de ação e saibam o que fazer, caso a ocorrência se confirme.
Marcadores:

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.