Publicidade 1
Publicidade 1

Gestão e assistência técnica levam fazenda a produzir mais de 100 sacas por hectare

Imagem relacionada
Há quatro anos, o veterinário Raul Santos Costa Neto não imaginava que teria sua propriedade reconhecida como maior produtora de soja de Mato Grosso no Desafio de Máxima Produtividade do Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB). Não em tão pouco tempo. Mas ele aliou a vontade de recuperar uma área de pastagem degradada com a disciplina e foco para chegar à excelência.

A fazenda Lagoa Dourada era dedicada à pecuária, mas em 2014 fez a primeira safra de soja em 1500 hectares. A assistência técnica da Agro Amazônia, que já era a parceira na pecuária, foi fundamental para que a propriedade produzisse a média de 82 sacas por hectare na safra 2017-2018 e chegasse ao ápice de 100,41 sacas por hectare no prêmio do CESB.

Para Raul, é fundamental uma assistência técnica séria e comprometida com o cliente. “Mas também é importante o cliente discutir, alinhar e cumprir à risca as decisões tomadas em conjunto”, diz.

O produtor rural reforça que o trabalho realizado na fazenda não foi nenhum ‘milagre’. “Foi algo contínuo, seguindo os protocolos recomendados pelos especialistas para suprir a necessidade das plantas. É preciso cuidar dos detalhes e buscar fazer sempre o melhor”, finaliza.

De acordo com Marcelo Cassiolato, diretor comercial da Agro Amazônia, a parceria entre cliente e assistência técnica é fundamental para quem quer produzir com excelência. “Ter uma boa assistência técnica vale o investimento”.

A fazenda que Raul toca com um sócio vem sendo trabalhada para a lavoura de soja desde 2013. Lá, houve um levantamento da área, juntamente com o zoneamento, para fazer as correções necessárias, como calcário, enxofre e boro.

A adubação foi feita de forma correta e pontual. Durante o plantio, as máquinas trabalham na velocidade adequadaa, garantindo um stand ideal. Os talhões foram customizados, levando, assim, em consideração as necessidades e objetivos a serem alcançados, além da rigorosa seleção de sementes e utilização de produtos adequados para cada etapa da safra.  

Hoje em dia, a fazenda Lagoa Dourada já é uma referência de trabalho bem feito e resultados. A sojicultura surgiu como uma solução para recuperação de pastagens e, agora, se torna uma atividade extremamente rentável com a parceria de uma assistência técnica e atenção aos detalhes.

O diferencial do sucesso do jovem produtor, tanto economicamente quanto em títulos e premiações do setor, é resultado de um trabalho contínuo, utilizando produtos de qualidade que proporcionam o rendimento máximo da planta aliado as à assistência de profissionais especializados da Agro Amazônia Produtos Agropecuários.

Assessoria de Comunicação
* Thielli Ehlert Bairros
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!