Publicidade 1
Publicidade 1

Indea conclui operação em Juara


Imagem relacionada

Por Dayanne Santana
Indea-MT

O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) realizou, entre os dias 23 de maio e 10 de julho, uma operação em Juara (a 730 km de Cuiabá), com o objetivo salvaguardar a sanidade do rebanho e dar garantias aos produtores rurais que adquiriram vacinas contra a febre aftosa sem comprovação de origem, em duas revendas agropecuárias do município.

A operação foi dividida em duas fases: a primeira teve início em 23 de maio e consistiu no levantamento das propriedades que teriam adquirido vacinas que estavam em desacordo com as normas sanitárias. As equipes do Indea visitaram 50 propriedades rurais localizadas em Juara.

Porém, após a análise dos dados coletados, concluiu-se que a comercialização de vacinas irregulares não ficou restrita a apenas esse grupo de 50 propriedades, levando à obrigatoriedade da vacinação e revacinação dos bovinos e bubalinos existentes em todas as propriedades que adquiriram vacina nas lojas veterinárias investigadas, desencadeando a segunda fase da operação, que teve início em 11 de junho.

A segunda fase da operação consistiu na realização da vacinação oficial em todas as propriedades rurais que adquiriram vacinas nas revendas envolvidas. Os resultados da operação foram divulgados nesta terça-feira (11.07), na sede da Superintendência Federal de Agricultura em Mato Grosso (SFA-MT), e contou com a presença de representantes do setor produtivo.

Quinze equipes do Indea foram designadas para acompanhar a vacinação de 298.094 bovinos de 391 propriedades rurais, localizadas nos municípios de Conquista D’ Oeste, Cotriguaçú, Juara, Nova Bandeirantes, Novo Horizonte do Norte, Porto dos Gaúchos, Rosário Oeste e Tabaporã.

Durante a operação, foram realizadas 417 vigilâncias veterinárias, sendo que 169.027 ruminantes foram vistoriados, 552 ruminantes inspecionados, 1.911 suínos vistoriados, e 17 suínos inspecionados.

Todas as propriedades já estão com o cadastro ativo no Sistema Informatizado de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Sindesa), portanto, liberadas para a emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA). As propriedades haviam sido preventivamente interditadas no Sindesa para o trânsito de bovinos e bubalinos, com exceção para o abate.

Quanto à revenda agropecuária, o registro está suspenso para o comércio de vacinas. Após a conclusão do relatório final, será analisado se a revenda terá o registro cassado ou não.


Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!