Publicidade 1
Publicidade 1

Bisavó é presa suspeita de enterrar índia recém-nascida ao supor que estivesse morta em MT

Polícia estima que menina ficou enterrada em cova por sete horas. Estado do bebê é estável e médicos aguardam resultados de diversos exames.

Por Denise Soares, G1 MT


A bisavó da índia recém-nascida – que foi resgatada depois de ser enterrada viva pela família dela, nessa terça-feira (5), em Canarana, a 838 km de Cuiabá – foi presa pela Polícia Civil nesta quarta-feira (6). A menina sobreviveu e foi resgatada por policiais. 
A Polícia Civil estima que a criança ficou enterrada por sete horas – entre as 14h e 20h de terça-feira em uma cova de 50 centímetros de profundidade. A menina está no Hospital Regional de Água Boa, a 736 km de Cuiabá.
A bisavó, Kutz Amin, de 57 anos alegou que a criança não chorou e, por isso, acreditou que estivesse morta. Seguindo o costume da comunidade indígena, ela enterrou o corpo no quintal, sem comunicar os órgãos oficiais.
Bisavó da índia recém-nascida, Kutz Amin, confessou que enterrou a menina por achar que ela estivesse morta
 (Foto: Polícia Civil de MT/Assessoria)

Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!