Publicidade 1
Publicidade 1

Palmeiras supera vaias, empata com Coelho e avança na Copa do Brasil

Foi com bronca da torcida, mas o Palmeiras está nas quartas de final da Copa do Brasil. No Allianz Parque, o Verdão permitiu que o América-MG saísse na frente com Serginho e foi para o intervalo sob vaias. Na etapa final, Willian marcou o gol 200 do Alviverde na Arena e, por ter vencido o duelo em Belo Horizonte, o Palestra garantiu a classificação com o empate por 1 a 1.
O Palmeiras entrou em campo em ritmo lento. A maioria diria que o compasso era de treino, mas quem acompanha as atividades de Roger Machado na Academia de Futebol sabe que é justamente o contrário: “treina como joga, e joga como treina”.
O fato é que o Verdão não fez um primeiro tempo de quem tinha apenas um gol de vantagem na partida mata-mata. Sem contar com Dudu e Borja, nas listas de 35 convocados para a Seleção Brasileira e colombiana, respectivamente, o Palestra teve Deyverson no comando de ataque, com Willian sendo deslocado para o lado direito.
Bigode brigou muito na frente, mas não conseguiu aparecer bem no ataque, enquanto Deyverson mostrou falta de intimidade com a bola em quase todos os lances. O América-MG, por sua vez, esteve bem armado por Enderson Moreira e, mesmo precisando de ao menos um tento, não se lançou ao ataque, povoou o meio-campo e não deu espaços para os mandantes.
Se Deyverson não foi bem pelo Alviverde, Rafael Moura mostrou categoria e consciência tática. Aos 37 minutos, o camisa 9 deixou a área para ajudar na construção da jogada, deu lindo passe para Carlinhos e permitiu a entrada de Serginho pelo meio. O camisa 10 recebeu livre do lateral e rolou para as redes. Assim, pela segunda vez em três jogos, o Palmeiras terminou o primeiro tempo vaiado no Allianz Parque.
Após o intervalo, Guerra entrou na vaga de Deyverson. Com o anúncio da substituição no Allianz, a torcida vibrou como se fosse um gol (especialmente quando o locutor avisou que era o centroavante quem sairia). Em seguida, a principal organizada do clube emendou: “Raça Verdão, você é tradição”.
A saída de Deyverson melhorou o Palmeiras. A entrada de Guerra nem tanto. Tentando pressionar desde o primeiro minuto da etapa final, o Palmeiras pecou demais nos erros de passes. Pouco depois, Lucas Lima deixou o campo vaiado para dar lugar a Hyoran.
Coincidentemente ou não, o empate veio logo em seguida. Bruno Henrique deu linda virada de jogo para Marcos Rocha, que ajeitou de cabeça para Willian. Bigode também testou a bola, desviou muito bem em um lance difícil, e mandou para as redes de João Ricardo, anotando o gol 200 do Palmeiras no Allianz Parque.
Com o duelo empatado, o América-MG se lançou ao ataque e levou perigo. Roger ainda sacou Willian para a entrada do garoto Papagaio, mas o Verdão não conseguiu reter a bola e chegou a passar sufoco. Mesmo assim, o time soube sofrer e garantiu a classificação.
Por Gazeta Esportiva (foto: Fernando Dantas/Gazeta Press/arquivo)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!