Publicidade 1
Publicidade 1

Gasolina já chega a R$ 4,83 em MT e deve aumentar com novo reajuste

Gasolina já chega a R$ 4,83 em MT e deve aumentar com novo reajuste
A Petrobras elevará os preços do diesel e da gasolina nas refinarias a partir desta terça-feira (22). O diretor executivo do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipetróleo), Nelson Soares, avalia que não é possível apontar em quantos reais o preço final será aumentado, no entanto, garante que isto deve impactar o poder de compra do consumidor. Em Mato Grosso, o preço está acima de R$ 4, chegando a R$ 4,83 em Alta Floresta. Nesta semana uma audiência pública na Câmara dos Deputados em Brasília deve discutir esta política da Petrobras.

Leia mais:
Contra aumento de combustível, caminhoneiros iniciam paralisação em Mato Grosso
 
De acordo com a Petrobras, o preço do diesel deve receber aumento de 0,97% e o da gasolina um aumento de 0,9%. Com isso, os preços devem sair das refinarias em R$ 2,3716 o litro do diesel e R$ 2,0867 o litro da gasolina.

O diretor executivo do Sindipetróleo, Nelson Soares, explica que a cadeia produtora deve definir o preço final do combustível, o que chega ao consumidor. No entanto, com a política de preços da Petrobras, aliada à carga tributária, ele afirma que haverá um impacto muito negativo no poder de compra do consumidor.

“O que acontece é que o salário da população não aumenta, então você acaba tendo que se sujeitar a consumir menos combustível. Nós temos trabalhado, inclusive no dia 23 terá uma audiência na Câmara Federal para discutir este tipo de política”.

Esta política foi adotada pela Petrobras em julho do ano passado. Desde então constantes reajustes têm sido feitos. Soares disse que o assunto deve ser debatido no próximo dia 23, onde devem ser apresentadas alternativas para o problema.

“Nós entendemos que a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE) teria que ser utilizada neste momento, para amortecer esta variação cambial e não transferir para a população diariamente, como a Petrobras tem feito, só na semana passada foram cinco aumentos”.
 
Preços altos

Dados da Agencia Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis  apontam que o preço se aproxima dos R$ 5 em alguns municípios de Mato Grosso. Em Alta Floresta o preço médio está em R$ 4,833, sendo o mais alto.

Foram pesquisados os preços de sete municípios de Mato Grosso. Além de Alta Floresta também foi calculada a média de Cáceres (R$ 4,293), Rondonópolis (R$ 4,4), Sinop (R$ 4,397), Sorriso (R$ 4,569), Várzea Grande (R$ 4,052) e Cuiabá (R$ 4,036, sendo o da capital o mais barato do Estado.

Cuiabá também tem o menor preço entre as capitais do Centro-Oeste. Em Goiânia a média do preço é R$ 4,352, em Brasília é R$ 4,241 e em Campo Grande é R$ 4,05. A pesquisa foi feita entre os dias 13 e 19 de maio e publicada nesta segunda-feira (21).
Por Da Redação - Vinicius Mendes
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!