Publicidade 1
Publicidade 1

Presidente nacional do PSB ameaça expulsar Valtenir

 
“Se ele não sair, nós vamos sair com ele do partido”. A afirmação é do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, sobre a permanência do deputado federal Valtenir Pereira na legenda. Ontem, o deputado estadual Max Russi assumiu o comando do partido no Estado, após reunião em Brasília. A troca no comando da agremiação devolve o partido para a base de sustentação do governador Pedro Taques (PSDB).
Valtenir não se manifestou sobre o assunto, mas seu retorno para o MDB é comentado desde de fevereiro. Para o presidente nacional, o parlamentar agiu de má fé ao não cumprir a orientação da legenda, que adotou postura contrária à gestão do presidente Michel Temer (MDB). Por conta disso, uma expulsão não está descartada. “Não queremos mais ele no partido. Ele bagunçou o partido, fez o jogo do governo Temer e fez uma má política ao praticar dupla militância”.
Nos bastidores, a informação é que Valtenir já teria acertado seu retorno ao MDB também nesta terça-feira. A afirmação teria partido do líder da agremiação, o deputado federal Calos Bezerra que, em fevereiro, já antecipava que as conversas estavam adiantadas nesse sentido.
Valtenir reassumiu o PSB de Mato Grosso em junho, depois que a direção nacional do partido dissolveu a comissão provisória no Estado. Na época, a motivação foi a decisão dos deputados federais Fábio Garcia - hoje filiado ao DEM - e Adilton Sachetti - que migrou para o PRB - de votar a favor da reforma trabalhista. Com a mudança, diversos políticos filiados ao PSB anunciaram desfiliação, tendo como principal argumento conflitos com Valtenir.
Se for confirmada, essa será a sétima troca partidária do deputado federal, que iniciou a vida política no PT, passou duas vezes pelo PSB, fundou o Pros em Mato Grosso e, antes de se filiar ao MDB, esteve no PMB. A assessoria de Valtenir afirmou que a mudança ainda não está certa.
Todas as comissões provisórias constituídas por Valtenir no PSB serão desfeitas na próxima semana para serem reconstruídas, de acordo com Max Russi. Dos dissidentes do partido, apenas o ex-secretário de Estado de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes, deve permanecer na legenda. A expectativa é que ele assuma a comissão provisória de Cuiabá.
O PSB perdeu dois deputados federais e três estaduais. O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, Mauro Savi, além do federal Fábio Garcia, oficializaram filiação ao DEM na semana passada. A legenda também recebeu Mauro Mendes. Já Adilton Sachetti se filiou ao PRB, enquanto que o estadual Oscar Bezerra ainda não definiu em que agremiação se filiará.
Da  Redação Só Notícias (foto: Lucio Bernardo Junior/arquivo)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!