Publicidade 1
Publicidade 1

Grohe pega pênalti decisivo e Grêmio leva a Recopa Sul-Americana

O Grêmio é o primeiro campeão continental da temporada 2018. Nesta noite, o Tricolor derrotou o Independiente nos pênaltis por 5 a 4. No tempo normal, o duelo ficou empatado por 0 a 0.
A final começou eletrizante. Em busca de um gol logo no início, o Tricolor criou uma excelente oportunidade com Everton. Após passe de Alisson, o atacante saiu na cara do goleiro, deixou Campaña para trás e chutou, mas Amorebieta salvou em cima da linha.
A resposta do Independiente veio minutos depois. No contra-ataque, Fernández bateu da entrada da grande área, Grohe soltou e bomba. No rebote do goleiro, próprio camisa 11 foi para concretizar e bateu prensado com Maicon.
Assim que o ânimo inicial ficou pelo caminho, os dois times diminuíram o ritmo e a catimba argentina ganhou espaço deixando o jogo chato.
Nos minutos finais, o Grêmio conseguiu criar após um chutão. Cícero desviou de cabeça e Luan, sozinho na grande área, chutou para fora.
Aos 43 minutos o VAR entrou em ação. Em entrada criminosa de Amorebieta em Luan, o árbitro Enrique Caceres consultou o vídeo e expulsou o jogador argentino.
Segundo Tempo
Assim como na etapa inicial, o Grêmio começou o jogo no campo de ataque e novamente Everton teve a grande oportunidade de abrir o marcador. Em jogada individual, ele deixou a defesa na saudade, invadiu a área e bateu no canto, mas Campaña pegou com o pé.
Com o intuito de pressionar o Independiente, Renato Gaúcho colocou Jael no lugar de Jailson e logo no primeiro lance o atacante teve a chance de marcar. Ele recebeu em velocidade e bateu cruzado para defesa do goleiro.
Apesar do lance empolgante, tanto o Grêmio como o jogador não continuaram no ataque e o duelo ficou morno. Com a torcida gremista calada, a única coisa que se ouvia na Arena era a hinchada do Independiente.

Prorrogação

Nos 15 minutos iniciais, o Grêmio foi bem superior e criou boas chances para abrir. A mais clara veio aos 5 minutos com Jael. O camisa 9 recebeu cruzamento e acertou o travessão.
Ainda deu tempo de polêmica. Após levantamento na área, Jael foi claramente empurrado pelo zagueiro, mas o juiz não quis usar o VAR e seguiu o jogo.
Na etapa final uma chance para cada. A do Grêmio veio em falta cobrada por Jael. A bola desviou na barreira e Campaña praticou um milagre. A do time argentino apareceu em escanteio. A zaga falhou e Meza cabeceou sozinho. A bola cruzou a pequena área e saiu pela linha de fundo.
Pênaltis
Na marca da cal, o Grêmio levou a melhor ao vencer por 5 a 4 com destaque para Marcelo Grohe, que defendeu a cobrança decisiva.
Por  Lance (foto: arquivo/assessoria)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!