Publicidade 1
Publicidade 1

Flamengo vence com gol nos acréscimos e pega o Botafogo nas semifinais


O Flamengo venceu o Nova Iguaçu na tarde deste domingo no Mané Garrincha, em Brasília, em duelo que fechou a primeira fase da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. O único gol do jogo saiu nos acréscimos do segundo tempo, aos 48 minutos, numa bomba do zagueiro Rhodolfo, de fora da área.
Com a vitória, o Flamengo confirmou o primeiro lugar no grupo B com 13 pontos em cinco jogos, e irá enfrentar o Botafogo, segundo lugar do grupo C, na semifinal da Taça Guanabara. O Nova Iguaçu, que lutava pela classificação e precisava vencer o jogo, fecha a fase com 5 pontos, em quarto lugar.
As semifinais serão disputadas nos dias 9 e 10 de fevereiro. Na outra semifinal, o Boavista, primeiro lugar do grupo C enfrentará o Bangu, segundo do grupo B.
O Jogo – Já classificado em primeiro no grupo B da Taça Guanabara e garantido nas semifinais, o Flamengo encarou o duelo contra o Nova Iguaçu como um treino de luxo para seus principais titulares. Pela primeira vez em 2018, Diego, Everton, Juan estiverem em campo.
O time da Baixada, precisando da vitória para se classificar, iniciou o duelo com muita marcação, e o Rubro-Negro demorou a deslanchar. O time de Paulo César Carpegiani foi a campo com apenas um volante, o colombiano Cuellar, e Diego, Everton Ribeiro e Lucas Paquetá flutuavam pelo meio de campo sem posição fixa.
A primeira boa oportunidade veio somente aos 16. Lincoln puxou o contra-ataque pela esquerda, tocou para Diego no meio, e este abriu para a entrada de Pará livre pela direita. O lateral tentou o chute de fora da área mas a bola saiu à direita do gol de Jefferson.
A partir da metade do primeiro tempo, o Flamengo começou a pressionar mais o adversário e criou muitas oportunidades de gol.
Aos 23, Diego abriu para Pará na ponta direita, ele cruzou pelo alto do outro lado da área, e Paquetá tentou finalizar de primeira, mas pegou mal na bola e ela subiu muito.
O mesmo Paquetá recebeu de Lincoln na esquerda, avançou pela intermediária e soltou a bomba, mas mandou para fora, aos 26.
Três minutos depois, Everton Ribeiro faz grande jogada pela direita, entrou na área e chutou. Jefferson fez grande defesa e manda para escanteio.
O Nova Iguaçu finalmente levou perigo ao gol de César. Aos 34, Wescley recebeu livre de marcação pela esquerda, chegou perto da área e tentou o chute de longe. A bola passou perto mas saiu pela linha de fundo.
As duas melhores chances de gol na primeira etapa aconteceram no final. Aos 37, Paquetá fez linda enfiada pelo meio e achou Lincoln livre na área. O atacante tirou mal do goleiro e errou o alvo.
Aos 41, Everton Ribeiro avançou pela direita e tocou em diagonal para a entrada de Lincoln pelo meio da área. A jovem promessa bateu de primeira e Jefferson fez grande defesa para salvar o Nova Iguaçu.
No intervalo, Pará sentiu-se mal e pediu para ser substituído. Rodinei voltou para o segundo tempo em seu lugar. Já o Nova Iguaçu voltou sem alterações.
Como era de se esperar, por ter uma equipe que jogava junta pela primeira vez no ano e vários jogadores estreando na temporada, o Flamengo perdeu o embalo do final do primeiro tempo, e permitiu que o Nova Iguaçu ganhasse espaço em campo. O time da Baixada, porém, não chegava a ameaçar a meta de César, e o confronto caiu sensivelmente de nível.
Carpegiani voltou a mexer na equipe aos 15, tirando Lincoln para a entrada de Vinícius Júnior. Dez minutos depois, Diego saiu de campo para a entrada do atacante colombiano Marlos Moreno.
Aos 35, Vinícius Matheus levou o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo, deixando o Nova Iguaçu em desvantagem. O Flamengo tentou aproveitar e foi para cima do adversário.
Aos 38, Rodinei trabalhou na ponta direita e conseguiu o cruzamento rasteiro, mas Paquetá não alcançou e a zaga mandou para escanteio.
Aos 43, Vinícius Júnior recebeu de Paquetá e entrou na área pela direita. Mesmo marcado, o atacante conseguiu chutar cruzado. A bola cruzou a pequena área e Marlos tentou de carrinho, mas não alcançou.
Quando o empate sem gols em Brasília parecia certo, o zagueiro Rhodolfo avançou pela intermediária e soltou uma verdadeira bomba ainda bem de longe. O chute foi tão forte e no ângulo superior esquerdo, que Jefferson nem conseguiu reagir e apenas olhou a bola entrar.
Por Gazeta Esportiva (foto: Paulo Fernandes/arquivo)

Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!