Publicidade 1
Publicidade 1

Com temperaturas negativas na Hungria, Marquinhos Pedroso valoriza intertemporada na Espanha e Portugal para Ferencvárosi seguir na liderança do campeonato

No dia 09 de dezembro de 2017, o Ferencvárosi bateu o Budapesti Vasas, fora de casa, por 2×0 e sacramentou ainda mais sua liderança no Campeonato Húngaro com três pontos de vantagem para o vice-líder, o Fehérvár. Após esse duelo, os jogadores do Ferencvárosi ganharam um mês de férias pela paralisação da competição nacional, isso porque, nesse período, a Hungria sofre com o inverno rigoroso.

Presente em 13 das 19 partidas do Ferencvárosi no Campeonato Húngaro, o lateral-esquerdo brasileiro, Marquinhos Pedroso, é um dos principais destaques do time na competição e ele avaliou esse retorno aos trabalhos nos primeiros dias de 2018. “Estamos vivendo o ápice do inverno em Budapeste. São temperaturas negativas, com neve e fica difícil treinar no campo. Por isso, estamos treinando mais em lugares cobertos. Fazemos muita academia, piscina, o clube tem uma estrutura muito boa, até uma pista de atletismo coberta. O foco vem sendo mais na parte física. Fizemos alguns treinos com bola em campos sintéticos, mas sabemos que não é o ideal”, avaliou o atleta de 24 anos que já passou também pelo futebol turco.

Com intuito de fugir do inverno rigoroso e poder realizar treinos em campos de grama natural, o Ferencvárosi decidiu planejar viagens para manter os seus atletas com ritmo de jogo. O time ficará uma semana treinando na Espanha e mais uma semana trabalhando em Portugal, ambos países que não sofrem tanto com o inverno europeu. Marquinhos Pedroso comemorou o planejamento do clube. “Sem dúvida vamos ganhar em qualidade de treinamento. A parte física é importante, mas temos que manter nosso ritmo de jogo e as cidades que o clube escolheu para ficarmos na Espanha e Portugal possuem clubes que poderemos realizar jogos-treinos. Isso será bastante válido”, opinou o lateral que no Brasil defendeu clubes como Grêmio, Figueirense e Guarani (SP).

O Ferencvárosi volta a campo pelo Campeonato Húngaro no dia 23 de fevereiro, em casa, contra o Budapest Honvéd. Marquinhos Pedroso opinou sobre  o período sem jogos. “É uma pausa longa. Ficaremos quase três meses sem jogar oficialmente. Mas, temos que entender que a situação climática do país impede que possam ser realizados esses jogos. O que nos resta é trabalhar para voltarmos ainda mais fortes na briga por esse título”, concluiu.





Fotos: Divulgação/Ferencvárosi 

Arthur Virgílio,
Assessor de Imprensa
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!