Publicidade 1
Publicidade 1

Mulher corta pênis de amante durante sono


A arquiteta argentina Brenda Barattini, de 26 anos, foi presa neste domingo (26) acusada de mutilar o órgão genital de um homem de 40, de Córdoba, região central do país. Brenda confessou que amputou Sergio F, como jornais argentinos identificaram a vítima, após sofrer abuso sexual — o que os advogados do homem negam. Brenda atacou Sergio enquanto ele estava dormindo na noite de sábado (25), por volta das 23 horas.
Brenda usou uma tesoura de jardinagem na mutilação. Assim que ela o feriu, saiu correndo do apartamento, que fica no bairro nobre de Nueva Córdoba. Sergio despertou e gritou por ajuda. Foi socorrido por paramédicos chamados por vizinhos e internado na emergência de um hospital próximo.
O estado de Sergio (foto) é considerado estável. Médicos do Hospital de Emergência de Córdoba, para onde foi levado, conseguiram conter a hemorragia provocada pelos ferimentos. 
Segundo o jornal Clarín,a arquiteta entrou no apartamento dele no sábado à noite. Vizinhos ouviram barulho no apartamento e foram até lá. Acharam Sérgio "amarrado e ensaguentado".
Brenda foi chamada pela imprensa argentina de Lorena Bobbit de Córdoba — por lembrar o caso da americana que, em 1993, cortou o pênis do marido enquanto ele estava dormindo. Ela não é casada com Sergio, como a americana estava na época com John Wayne Bobbitt . 
Eduardo Perez, advogado de Sergio, disse ao britânico Mirror que seu cliente sobreviveu mas que "seu órgão sexual não tem mais utilidade". Perez completou: "Ele foi mutilado severamente".
Sergio é amigo do irmão de Brenda. Foi por causa dele que conheceu a arquiteta. O advogado dela, Carlos Nayi, disse ao Clarín: "A informação que tenho é que minha cliente foi atacada por Sergio. Também abusou dela. Sergio permitiu a entrada no apartamento de Brenda. Ela se defendeu do ataque sofrido no apartamento". 
Essa foi a tesoura usada por Brenda no crime. Após confessar a agressão, Brenda foi detida e está numa cela no Complexo Penitenciário Bower.
Brenda será submetida esta semana a testes psiquiátricos e psicológicos. Investigadores querem saber se ela tem algum distúrbio e se "estava consciente de seus atos" quando o atacou. Exames também foram feitos para constatar se ela foi ou não atacada sexualmente antes de mutilar Sergio.
Quando a polícia chegou ao apartamento de Sergio, encontrou o colchão ensanguentando e a tesoura usada por ela. Segundo investigadores, Brenda e Sergio mantiveram um relacionamento secreto durante meses e foram até o apartamento para terem relações sexuais — os dois seriam comprometidos.
A polícia tem dúvidas se o crime foi premeditado, já que Sergio disse aos médicos não ter tesoura de jardinagem no apartamento.
Carlos Nayi, o advogado de Brenda, desmente a hipótese de crime premeditado e insiste na tese de "vingança justificada": "Brenda esperou o homem dormir para atacá-lo. Estava com raiva dele e o agrediu. Tribunais vão dizer se ela foi excessiva ou não".
Amigas de Brenda também repetiram pelas redes sociais o que o advogado dela afirmou e acusaram Sergio: "Ela foi estuprada por ele e se defendeu atacando-o". 
Uma delas é Tamara Fondovila, que escreveu no Twitter: "Ela fez tudo isso em defesa própria depois de várias violações e ameaças".
Bettina Croppi, promotora de Córdoba, declarou que o estado de Sergio o sofrimento por ele foi causado por "danos sérios". Ela acrescentou: "É provável que ele nunca mais poderá ter filhos".
Croppi disse ainda que Sergio estava amarrado e com os olhos vendados: "Vizinhos ouviram barulho e gritos no apartamento de Sergio. A porta estava aberta. Quando paramédicos chegaram ao local, Sergio estava sentado perto da cama, ferido. A investigação sobre o caso ainda está em andamento.
Por R7
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!