Publicidade 1
Publicidade 1

Delegado aguarda laudos da Politec para continuar investigações de incêndio em prefeitura de Nova Bandeirantes

O delegado de Polícia Civil Vinícius de Assis Nazário, disse, ao Só Notícias, que está aguardando a conclusão dos laudos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Alta Floresta para dar continuidade nas investigações relacionadas ao incêndio que destruiu a prefeitura de Nova Bandeirantes (525 quilômetros de Sinop). “Também estamos na expectativa de apurar umas informações sigilosas. Testemunhas direta do caso temos apenas o guarda, que foi ouvido. Além dele, também ouvimos mais de 20 pessoas. Ainda não está descartado o envolvimento de ex-funcionários e também a utilização do fogo para destruição de arquivos”, afirmou.
A sede da prefeitura, na avenida Comendador Luiz Meneghel, no centro da cidade, pegou fogo e ficou totalmente destruída, no último dia 2 de outubro. As chamas foram controladas com ajuda de populares, funcionários e utilizado um caminhão-pipa, além de um trator para evitar que as chamas se alastrassem.
O prefeito de Nova Bandeirantes, Valdir Pereira dos Santos (PR), disse, anteriormente, que o incêndio pode ter sido criminoso. Ele afirmou que dois homens encapuzados renderam o vigilante e atearam fogo. “Eles renderam o servidor e disseram que iram fazer um ‘servicinho’ na prefeitura. Queriam saber onde era a minha sala, mas o guarda apontou para o outro lado e neste local o fogo começou".
Conforme Só Notícias já informou, praticamente toda a estrutura foi destruída - departamentos de contabilidade, recurso humanos, finanças, compras, tributos. O incêndio ocorreu logo após agentes da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz) realizar uma operação na prefeitura. Foram cumpridas 10 ordens judiciais de conduções coercitivas de "membros da prefeitura e prestadores de serviços, acusados de desvio de recursos públicos após emissão em duplicidade de documentos denominados Notas de Autorização de Despesas (NAD) e pagamentos ilegais efetuados em caráter de prioridade por serviços não prestados a prefeitura de Nova Bandeirantes, com participação de prestadores de serviços, funcionários públicos municipais e o atual prefeito, Valdir Pereira dos Santos.
Por Só Notícias/Cleber Romero (fotos: divulgação/arquivo)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!