Publicidade 1
Publicidade 1

Ministério Público e órgãos ambientais discutem punições mais rígidas para queimadas urbanas


O Ministério Público de Guarantã do Norte se mobilizou para a diminuição dos focos de queimadas em Guarantã do Norte, principalmente ao que diz respeito a queimadas urbanas.

A reunião contou com a presença do diretor regional da SEMA, Celso Costin, da vigilância sanitária do município, coordenador do meio ambiente Dionaldi de Souza, do defensor público Dr. Fernando Eduardo Silva e os promotores de justiça Dr.Guilherme da Costa e Dra.Tereza de Assis Fernandes.

Foi apresentado um levantamento do número de queimadas urbanas praticadas pelos moradores,os dados chamam atenção e preocupa as autoridades. O Ministério Público cobrou dos órgãos ambientais uma punição mais rígida para quem for flagrado praticando esse tipo de crime.
Para o Promotor de Justiça, Dr. Guilherme, é preciso o envolvimento de toda a sociedade para inibir as queimadas, tanto de forma punitiva com o rigor das leis ambientais, como também de forma educativas com as campanhas de conscientização.
Apesar de já estarmos no final do período crítico de queimadas, a mobilização tem por objetivo fazer um trabalho a longo prazo, tendo em vista que as queimadas urbanas acontecem o ano inteiro, mesmo sendo proibidas.
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

1 comentários :

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!