Publicidade 1
Publicidade 1

Palmeiras perde nos pênaltis e está eliminado da Libertadores

Pela segunda temporada consecutiva, o sonho do Palmeiras na Copa Libertadores durou pouco. Na noite desta quarta-feira, diante de mais de 38 mil torcedores no Estádio Palestra Itália, o Barcelona de Guaiaquil perdeu por 1 a 0 no tempo normal, mas ganhou por 5 a 4 nos pênaltis e eliminou o time brasileiro nas oitavas de final.
Com o sonho de conquistar o bicampeonato da Libertadores e participar do Mundial, o Palmeiras investiu pesado e contratou 14 reforços. Ainda assim, disputou apenas oito partidas pelo torneio. Na semifinal do Campeonato Paulista, caiu para a modesta Ponte Preta e, nas quartas da Copa do Brasil, deu adeus contra o Cruzeiro.
A 15 pontos do líder Corinthians no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras tem como meta encerrar o torneio na zona de classificação à Copa Libertadores. Pela 20ª rodada do torneio nacional, às 16 horas deste domingo, o time comandado pelo técnico Cuca entra em campo para enfrentar o Vasco, no Raulino de Oliveira.
Saudado por sua torcida com um mosaico gigante, o Palmeiras tratou de tomar a iniciativa desde o começo, mas não conseguiu dar muito trabalho ao goleiro Banguera durante o primeiro tempo. Dudu, em cobrança de falta, e Deyverson, em uma cabeçada, levaram algum perigo.
Com a vantagem do empate, o Barcelona procurou ganhar tempo em cada bola parada, de cobranças de escanteio a tiros de meta. Na melhor chance do time visitante durante a etapa inicial, Castillo foi lançado pela direita e Jailson ficou no meio do caminho. O equatoriano cruzou e Caicedo, do lado oposto, mandou para fora.
Antes mesmos dos 40 minutos do primeiro tempo, parte da torcida chegou a pedir a entrada do meio-campista Moisés. Quem entrou, porém, foi o zagueiro Edu Dracena, já que o colombiano Yerry Mina precisou deixar a partida de maneira precoce por lesão.
No intervalo, Cuca trocou Roger Guedes por Moisés, deslocando Dudu para a ponta direita. A alteração funcionou, e o Palmeiras saiu na frente logo aos 5 minutos. Em um contra-ataque, Moisés lançou Dudu pela direita e correu. O camisa 10 recebeu de volta, limpou a marcação de Caicedo dentro da área e finalizou com categoria.
O Barcelona respondeu rápido e acertou a trave direita do goleiro Jailson em um chute rasteiro desferido por Álvez. Em um jogo franco no Palestra Itália, o Palmeiras carimbou o travessão do goleiro Banguera com Keno após cruzamento de Bruno Henrique.
Impossibilitado de seguir em campo por problemas físicos, Dudu acabou substituído por Guerra. A despeito de contar com mais um meia, o Palmeiras exagerou nos chutões da defesa e não conseguiu criar novas chances de gol. A exemplo do Barcelona, o que levou a decisão para os pênaltis.
Pelo Palmeiras, converteram Guerra, Tchê Tchê, Keno e Moisés. Bruno Henrique desperdiçou. Pelo Barcelona, converteram Álvez, Oyola, Segundo Castillo e Caicedo. Diaz teve a chance de encerrar a disputa, mas parou em Jailson. Nos alternados, Ayovi marcou e Egídio perdeu. Assim, o time equatoriano ganhou por 5 a 4.
Por Gazeta Esportiva (foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!