Publicidade 1
Publicidade 1

Procurador-geral diz em Sinop que promotor acusado de desacato não deve mais atuar no Estado

Procurador-geral de Justiça em Mato Grosso, Mauro Curvo
O procurador-geral de Justiça em Mato Grosso, Mauro Curvo, visitou, esta manhã, no Hospital Regional de Sinop, o promotor de justiça substituto afastado do cargo, Fábio Camilo da Silva, que continua sedado e recebendo medicação. Curvo afirmou ainda que Fábio não deve voltar a atuar como promotor, no Estado, e poderá ser exonerado da função. “Estamos torcendo que ele melhore e fique bem, mas mesmo ficando bem não deve voltar atuar como promotor de justiça do Estado. 

É possível que ocorra uma exoneração. É uma das soluções para o problema. Porém, não podemos adiantar que ele será exonerado. Temos que avaliar as questões médicas e saber o que ele têm. Todo mundo tem direito de se defender", declarou. Curvo confirmou que o promotor afastado deve ser transferido para um hospital psiquiátrico, mas não informou quando isso deve ocorrer. “Ainda não tivemos acesso aos laudos médicos. Fomos lá visitá-lo e saber se podemos ajudar em alguma coisa. Encontramos ele sedado e aguardando o procedimento de transferência para uma internação. 

A tendência é que seja levado para um hospital psiquiátrico. Foi uma visita rápida e conversamos com irmão dele, que é médico. Não falamos com nenhum médico do hospital". O chefe do Ministério Público Estadual esteve, ontem em Guarantã do Norte (240 km de Sinop), se reuniu com delegados, policiais miliares e o prefeito Érico Stevan. “As circunstâncias que nos levaram até Guarantã não são as mais agradáveis. Conversamos e passamos nos lugares que ocorreram estas situações. 

Explicamos que o nosso colega saiu de si. Levamos um pedido de desculpas pelo transtorno causado, que não foi pouco. Além de parabenizar os que participaram diretamente da ocorrência pela forma que foi conduzida. Conseguiram evitar que isso se transbordasse para algo mais grave”, disse o procurador. Segundo ele, as imagens gravadas e divulgadas mostram a verdade de como ocorreram os fatos. “Os policiais gravaram aquelas imagens até com medo do que poderia ocorrer. É preciso entender o contesto das coisas. 

Eles estão atendendo uma ocorrência com uma autoridade, que esta fora de si. Acho que eles gravaram aquelas imagens para provar a verdade dos fatos do que estava realmente acontecendo. Posteriormente, existe o compartilhamento de uma situação totalmente inusitada”. Conforme Só Notícias já informou, o promotor foi encaminhado, no sábado, à delegacia da Polícia Civil de Guarantã após reagir com violência e desacatar policiais militares durante uma abordagem da equipe. A reação dele foi gravada, pelo celular e teve grande repercussão. 

O promotor desacata os policiais, tem atitude intimidatória e chega a tirar o quepe de um soldado e joga no chão. Ele estava dirigindo um veículo na BR-163, na saída para Matupá, quando foi abordado. O promotor também é acusado de quebrar a porta de vidro de uma emissora de TV. Ele usava toga e estava visivelmente descontrolado.

Ao ser encaminhado à delegacia, o promotor aparece em outro vídeo tomando água, depois derrama água no balcão, usa um pano para secá-lo e aparece limpando as portas de vidro da delegacia enquanto faz uma "oração". Encaminhado ao um hospital em Sinop, ele apresentou surto de agressividade, na segunda-feira de madrugada. Segundo informações do boletim de ocorrências, na sala clínica da unidade, ele teria acordado por volta das 2h30 após passar o efeito do sedativo e dos remédios intramusculares e intravenais. O medicamento foi aplicado para conter o descontrole e agressividade dele.  
Por Só Notícias/Cleber Romero (foto: Só Notícias/Diego Oliveira)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!