Publicidade 1
Publicidade 1

Bezerra diz que Nadaf "está a serviço de alguém"

Ex-secretário afirmou que pagou R$ 700 mil a Luciane Bezerra com dinheiro de propina

 /Gazeta Digital
oscar-luciane.jpgO deputado Oscar Bezerra (PSB) saiu em defesa da esposa dele, a prefeita e Juara Luciane Bezerra (PSB), que foi citada durante o depoimento do ex-secretário chefe da Casa Civil Pedro Nadaf, na tarde desta terça-feira (4).
Segundo Nadaf, em 2014, ele pagou R$ 700 mil à então deputada estadual com dinheiro oriundo de desvios feitos nos cofres do Estado. Os pagamentos seriam referentes à uma dívida do então governador Silval com Luciane, que segundo Nadaf, réu e delator da operação Sodoma 4, foram pagos em cerca de cinco parcelas, nas ocasiões em que a então parlamentar vinha para Cuiabá.
Para Oscar Bezerra, as declarações são uma forma de Pedro Nadaf desviar a atenção do processo em que ele é um dos principais acusados de compor a organização criminosa composta durante a antiga gestão. “O cara está querendo desviar o foco. É réu confesso, malandro. Com certeza está a serviço de alguém, tem alguém por trás disso. Por que ele não falou dos conselheiros do Tribunal de Contas?!”, disse o deputado.
Questionado sobre quem seria a pessoa por trás do ex-secretário de Estado, o parlamentar disse que tem suas suspeitas, mas que não vai revelar. “Eu tenho minha suspeita, mas não vou falar”.
Oscar Bezerra ainda defendeu sua esposa dizendo que não há o que provar contra ela, que já se colocou à disposição da justiça, mas, até o momento, não foi chamada para prestar nenhum tipo de depoimento. “Ele vai ter grande dificuldade de comprovar o que está dizendo. (...) Ela nunca foi chamada. Já se colocou à disposição da justiça, não tem nada para esconder. Na hora que quiserem esclarecer, é só chamar”, disse Oscar.
Durante audiência de instrução realizada nesta terça-feira (4), na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Pedro Nadaf relatou que toda vez que Luciane vinha a Cuiabá, geralmente às terças-feiras, ela lhe telefonava para cobrar os valores e ia recebê-los diretamente com o chefe da Casa Civil em seu gabinete no Palácio Paiaguás. “Ela vinha pra Cuiabá geralmente na terça e já ficava ligando lá no gabinete pra cobrar. Eu sei que cerca de R$ 700 mil eu paguei”, disse Nadaf em seu interrogatório. 
Em abril deste ano, também durante uma audiência da Sodoma, o caso havia sido especulado pelo advogado João Nunes da Cunha, que faz a defesa do ex-procurador geral do Estado Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, junto à delegada Alexandra Fachone. Na ocasião, a promotora de Justiça Ana Cristina Bardusco interveio e disse que o caso era apurado em inquérito sigiloso.
Naquela época, Luciane Bezerra emitiu nota dizendo que está a disposição da justiça para qualquer esclarecimento. Confira:
A prefeita do município de Juara, Luciane Bezerra (PSB), reafirma que encontra-se a disposição da justiça pra qualquer tipo de esclarecimentos. Nesta tarde (20/04), seu nome foi citado em reportagens em alguns veículos de comunicação do Estado que acompanhavam o depoimento da delegada Alexandra Fachone, da Delegacia Fazendária (Defaz), para à juíza Selma Arruda, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá.
A delegada mencionou que Luciane Bezerra esteja sendo investigada sob sigilo, após o depoimento de Pedro Nadaf no ano passado (2016).
Luciane esclarece que até o momento não tem informações sobre a investigação e que se for chamada para prestar qualquer tipo de esclarecimentos estará a disposição da justiça. Luciane é prefeita de Juara, ex-deputada estadual e esposa do deputado Oscar Bezerra (PSB).
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!