Publicidade 1
Publicidade 1

Bortoli apresenta Projeto de Lei que veda alteração de nomenclaturas de bens e logradouros públicos

Objetivo é evitar transtornos a moradores e empresários que muitas vezes nem são avisados das mudanças.
Na sessão da Câmara de Vereadores de Sinop (MT), de segunda-feira (20), o vereador Ademir Bortoli (PMDB), apresentou o Projeto de Lei nº 002/2017, que tem como finalidade regulamentar a identificação e nomenclatura de ruas, praças, monumentos, obras e edificações públicas e vedar a alteração de denominações já existentes, com o objetivo de evitar transtornos a moradores e empresários que muitas vezes são pegos de surpresa com relação às mudanças.
 
O projeto aponta que constantemente nomes de ruas, praças, monumentos, obras e edificações públicas têm sido mudados, desprestigiando a antiga nomenclatura, além de causar constrangimentos diversos, contratempos e até prejuízos econômicos aos empresários que possuem estabelecimentos instalados no local que sofre a mudança, uma vez que os mesmos precisam atualizar seus cadastros junto aos órgãos federais, estaduais e municipais. Pessoas que estão com suas casas em fase de construção ou comércios, o que é bastante comum em Sinop, também passam por esses transtornos, já que precisam fazer adequações no projeto.
 
Os moradores, na maioria das vezes, também são surpreendidos com a alteração. Hilmar Valdemari, que residia no bairro Jardim das Nações, que na época teve o nome de uma avenida modificado, relata que os moradores e empresários só ficaram sabendo da mudança quando as placas das ruas foram trocadas. “O transtorno gerado foi muito grande, os moradores tiveram que mudar o cadastro para receber o IPTU, tiveram problemas referentes ao correio que deixou de entregar a correspondência e a igreja Nossa Senhora de Fátima, que fica na avenida, também teve que passar por adequações”, conta Valdemari.
 
O Dr. em Administração e PHD em Sociologia e Política do Trabalho, Fiorelo Picoli, explica que é importante que se mantenha a originalidade para preservar a história e a cultura do município. “Sinop está localizada no bioma amazônico e temos que vender o marketing positivo da cidade e da região. Colocar o nome de plantas em logradouros públicos é uma cultura local, desta forma também evitamos o envolvimento político, que acaba beneficiando algumas pessoas em troca de favores ligados à própria política”, ressalta Picoli.

Para Bortoli essas mudanças influenciam diretamente no cotidiano das pessoas. “É importante que a cidade preserve suas raízes, mantendo a nomenclatura das ruas, como nomes de árvores, flores e plantas, como era de costume na época da colonização. A rua é o local onde várias gerações convivem mutuamente e preservar isso é preservar nossa história”, explica o vereador.

Dieny Vieira
Assessoria
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

1 comentários :

  1. Parabéns pela atitude! Pois tem vereador que não têm noção das despesas que geram com homenagens a falecidos, com o troca-troca de agrado nas mudanças de nomes. Isso só serve para bairros novos.

    ResponderExcluir

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!