Publicidade 1
Publicidade 1

Propriedade de pecuária leiteira é um dos destaques do Prêmio Sistema Famato em Campo

Produzir leite na região amazônica foi o maior desafio do produtor rural Nivaldo Michetti ao chegar em Mato Grosso em 2010. Vindo de Santana de Itararé, no Paraná, o produtor investiu em uma propriedade rural no município mato-grossense de Paranaíta, que levou o nome da esposa “Estância Vanda”. Sua fazenda está entre as sete vencedoras da segunda edição do Prêmio Sistema Famato em Campo.

O prêmio é uma realização da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e reconheceu propriedades rurais que trabalham com atividades diversificadas, como agricultura, pecuária, floresta plantada e agroindústria e que apresentaram interação entre os sistemas.

Nesta terceira matéria especial da série que estamos divulgando sobre as fazendas que participaram da premiação, vamos saber sobre o trabalho desenvolvido na Estância Vanda.

A estância ganhou grande destaque ao ser reconhecida na 2º edição do Prêmio Sistema Famato em Campo, realizado pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), como propriedade referência em atividade diversificada com inteiração de agricultura, pecuária e floresta.

Além do desafio de produzir leite, Michetti optou em melhorar o ambiente onde ficam as vacas leiteiras. Para concluir o projeto, o produtor estabeleceu o plantio de árvores com o sistema de integração pecuária-floresta. “Devido à falta de informação, tive que fazer alguns experimentos de espaçamento e de escolha das melhores espécies para a região”, contou.

Apostando na integração e interação de atividade, a estância tem superprodução de pastagem no período chuvoso. Um projeto futuro de Michetti é se tornar referência na produção de leite na região norte de Mato Grosso para servir de exemplo para outros produtores. “Temos uma estrutura simples, porém eficaz na produção de leite. Nosso principal objetivo é compartilhar informação com outros produtores do estado”, relatou.

O produtor rural aposta no conforto ambiental e na oferta de alimentos. Utiliza sistema de integração agricultura-pastagem-floresta. Na agricultura produz milho e cana-de-açúcar que são utilizados na produção de silagem e volumoso em época de escassez de pastagem.

Michetti também utiliza grande quantidade de espécies forrageiras, com destaque para as brachiarias, pannicuns e cynodons em um sistema de pastejo rotacionado. O sombreamento é feito com eucaliptos e mogno africano, o que é considerado por ele como fundamental para o sistema, já que o gado tem grande concentração de sangue europeu obtido do cruzamento de Jersey e Holandês, conhecido com Jersolando.

Em tempo de seca, o gado recebe suplementação proteica nos pastos oriundos das áreas de produção de silagem (milho e capim) e no período das águas apenas uma ração pós-ordenha. Em toda área é feito o plantio direto com rotação de culturas nos talhões.

Orgulhoso com os trabalhos realizados na propriedade, Michetti contou que em 2016 a produção média foi de 900 litros/dia, com uma média de 18,5 litros/vaca em lactação no período de seca e 16 litros/dia nas águas. Atualmente, na estância são 42 vacas em lactação. “Somos abençoados porque estamos em uma região farta, com água de qualidade e em abundância. A logística é favorável aos negócios. Podemos contar com três laticínios na região. Sem falar a genética dos nossos gados, que são de sangue europeu”, assegurou Michetti.

Sobre o prêmio – O Prêmio Sistema Famato em Campo é uma iniciativa da Famato juntamente com o Senar-MT e o Imea. Surgiu em 2015 com o objetivo de identificar no Estado práticas diferenciadas da pecuária. Na segunda edição, em 2016, buscou fazendas que desenvolvem sistemas com integração de culturas diversificadas, englobando produção agrícola, pecuária e floresta.

As sete propriedades de maior destaque receberam o troféu Sistema Famato em Campo. Dessas, as três mais pontuadas foram selecionadas para participarem de uma Missão Técnica na Europa em 2017.

Por Ascom Famato
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!